escort bodrum anadolu yakasi masaj escort istanbul
Home » Posts tagged "formação de professores"

LOCATELLI, Odete Catarina. Gestão em educação ambiental e a formação de professores: interdisciplinaridade e sustentabilidade. Tese, 2009.

O objeto desta pesquisa é o processo de formação de professores para a Gestão da Educação Ambiental tendo como princípios básicos a interdisciplinaridade e a sustentabilidade. O objetivo é resgatar os elementos constitutivos da formação dos professores que atuam em Educação Ambiental para sistematizar uma base de conhecimento, de caráter interdisciplinar, considerando os princípios da sustentabilidade. A problemática que constitui é tecida por dentro do cenário educacional, e nele procura identificar quais são os fundamentos teóricometodológicos que sustentam os processos educativos em nível de formação de professores que podem servir de base para a Gestão em Educação Ambiental na perspectiva interdisciplinar e sustentável. Para a realização desta pesquisa-ação, os procedimentos empregados para coleta de dados foram: revisão bibliográfica, questionários, observações e intervenções diretas em atividades de capacitação. Empregou-se a metodologia de análise por categorias conceituais e operacionais, para extrair dos fatos e fenômenos os conhecimentos explícitos e, ao mesmo tempo, interferir na formação de professores para a Gestão em Educação Ambiental como alternativa para um processo de desenvolvimento sustentável. A análise dos dados demonstra que se atribui aos processos educativos escolares, especificamente aos de Educação Ambiental, a responsabilidade de tratar os problemas advindos dos impactos causados pela exploração dos recursos naturais, porém eles não tem condições suficientes para tanto. Conclui-se que essas condições revelam que a Educação Ambiental tratada nas escolas está muito distanciada das questões que poderiam de fato contribuir para uma Gestão de Educação Ambiental sustentável. Os resultados desta pesquisa configuram um diagnóstico de como vem se realizando a Gestão da Educação Ambiental nas escolas e sugere a metodologia de Projetos de Trabalho para a formação dos professores que atuam nessa área.

Link para download: Odete Locatelli

GULARTE, Delmar dos Santos. Formação de professores em educação a distância: as lições do curso UNIVIMA/UFSC. Dissertação, 2007.

Esta dissertação é um estudo instrumental sobre o curso ‘Formação em Educação a Distância’, uma parceria da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC – e da Universidade Virtual do Estado do Maranhão – UNIVIMA – que capacitou 404 professores da rede pública maranhense – praticamente todos de nível superior – para trabalhar com EaD. Um curso sobre educação a distância concebido na própria modalidade. O estudo de caráter quantitativo e qualitativo utilizou as avaliações subjetivas realizadas pelos educandos no ambiente virtual, assim como a pesquisa que mensurou suas opiniões sobre os elementos principais do curso: o material didático, o próprio ambiente virtual, as videoconferências, a tutoria, a coordenação e a estrutura dos pólos da UNIVIMA, o curso em sua totalidade e o desempenho de cada educando como estudante a distância. A coleta, a análise, a descrição e a interpretação dos dados seguiram os princípios da técnica de avaliação de conteúdo. O processo foi orientado pelo objetivo que norteou a investigação: a sugestão de mudanças que possam aprimorar ações futuras em EaD direcionadas aos docentes de nível superior. Para se conseguir maior objetividade dos indicadores na avaliação subjetiva, se procurou valorizar as declarações mais recorrentes. Assim, os dados quantitativos se complementaram por explicações que foram além do simplesmente numérico e abrangeram questões referentes a valores, percepções, motivações e intenções. A contribuição do trabalho para sua área de concentração, não se limita à elaboração de estratégias direcionadas a uma instituição apenas. A confiabilidade dos resultados advém da observação direta e da análise mais qualitativa do processo que considerou principalmente as atitudes na utilização da tecnologia, a eficácia das exposições do professor e o nível das discussões, a quantidade e a qualidade das interações, a apresentação do conteúdo, as atividades, a estrutura de suporte, o envolvimento dos próprios estudantes com o curso e a contribuição do corpo docente. A conclusão apresenta sugestões para o aperfeiçoamento do sistema, ao confrontar os dados obtidos e os pressupostos teóricos. Com este trabalho, espera-se atender a uma demanda cada vez maior de formação de profissionais qualificados para implantar novas formas de educação.

Link para Download: Delmar Gularte