Home » Posts tagged "Fluxo de Conhecimento"

BITTARELLO, Kamila Patricia. O Fluxo de Conhecimento no Ambiente das Redes de Empresas de Base Tecnológica. Dissertação, 2014.

A competitividade no atual cenário econômico se mostra dependente da capacidade de mobilização de recursos compartilhados. A cooperação em rede torna-se atributo estratégico para as organizações a fim de minimizar problemas e para aperfeiçoar processos nas diversas cadeias produtivas onde estão inseridas. A presente dissertação está estruturada em construtos relacionados às redes de cooperação e fluxos de conhecimentos no âmbito do setor tecnológico. Teve como objetivo principal analisar os resultados gerados pela cooperação entre empresas de base tecnológica. As organizações pesquisadas fazem parte das Verticais de Negócios da Acate – programa que reúne as empresas vinculadas à associação, segundo seu segmento de atuação. O estudo abordou ainda o fluxo de conhecimento existente no ambiente das Verticais, permitindo analisar a dinâmica da cooperação da rede. A partir de uma pesquisa qualitativa realizada em uma amostra de doze empresas aderidas às verticais, foi possível observar uma associação positiva entre o fluxo de conhecimentos e ganhos gerados a partir da interação promovida pela rede. Os resultados trazem a compreensão da dinâmica da cooperação bem como a sua estrutura de atores e fatores de estímulo ao fluxo de conhecimento. O estudo demonstrou que o programa Verticais apresenta um modelo de operação que gera resultados positivos, perceptíveis por meio dos eventos promovidos, e estabelecimento de parcerias diversas, além de estimular a integração entre as empresas participantes.

Link para Download: Kamila Patricia Bittarello

LABIAK JUNIOR, Silvestre. Método de Análise dos Fluxos de Conhecimento em Sistemas Regionais de Inovação. Tese, 2012.

Muitos países tem se dedicado ao desenvolvimento, análise e pesquisas voltadas aos Sistemas Regionais de Inovação – SRI, esta tese, está estruturada em construtos relacionados aos SRI e fluxos de conhecimento, tendo por objetivo desenvolver um método conceitual de análise dos fluxos de conhecimento existentes em SRIs. O desenvolvimento do trabalho se dá com o levantamento do referencial teórico, construção e aplicação do método, tendo como resultados a identificação, mapeamento e análise dos fluxos no SRI, que é um ambiente aberto e composto de atores regionais que interagem de maneira dinâmica. A tese apresenta uma base conceitual sobre os habitats de inovação, apresentando a relevância dos mesmos no desenvolvimento da cultura do empreendedorismo inovador e nos fluxos de conhecimento, discorre ainda, sobre o conceito de fluxo de conhecimento, sua importância na gestão do conhecimento e no desenvolvimento de regiões inovadoras. O trabalho apresenta ainda, uma análise sobre a aplicação da gestão do conhecimento (GC) entre os atores regionais, que colabora no desenvolvimento do método para análise dos fluxos de conhecimento em sistemas regionais de inovação, o qual, baseou-se no método de análise dos fluxos de conhecimento direcionado à comunidade de prática (Huang et al., 2007), adaptado à SRIs (análise quantitativa), sendo composto pela análise do Fluxo de Conhecimento Percebido (PKF) (análise qualitativa), cuja sobreposição das duas análises gera o Fluxo de Conhecimento Consolidado – CKF (análise quanti-qualitativa) entre os atores do SRI. A aplicação do método foi realizada em 2011 no SRI Sudoeste do Paraná contando a participação de dezoito atores, divididos em seis grupos: de conhecimento científico, habitats de inovação, empresarias, de fomento, públicos e institucionais. Os Resultados obtidos dizem respeito ao desenvolvimento de um método de análise dos fluxos de conhecimento entre atores regionais de um SRI num determinado momento proporcionando o mapeamento e análise dos respectivos fluxos no SRI analisado. A conclusão do trabalho abre um novo campo de pesquisas aplicadas aos fluxos de conhecimento no desenvolvimento de ambientes inovadores.

Link para Download: Silvestre Labiak Jr