Home » Posts tagged "ergonomia"

CASTRO, Luciano Patrício Souza de. Modelo de referência para comunicação da marca em interfaces gráfico-digitais. Tese, 2010.

A evolução da comunicação em mídias digitais interativas, especialmente aquelas interligadas à internet, requer uma abordagem interdisciplinar para o aproveitamento de suas potencialidades hipertextuais e multimídia, entre outras. Por outro lado, há a perspectiva estratégica adotada nas atividades projetivas e gerenciais de Design de Interfaces Gráfico-digitais, que são responsáveis pela concepção dos projetos de comunicação e de interação mediadas por essas interfaces. Essa perspectiva requer a aplicação dos conhecimentos de Engenharia e de Gestão do Conhecimento aos processos de mediação, para coletar, organizar, aplicar e criar conhecimento dirigido à projetação e ao gerenciamento de interfaces gráfico-digitais. O contexto interdisciplinar previsto na área de Engenharia e Gestão do Conhecimento é aqui considerado, visando o conhecimento e a comunicação dos elementos denotativos e conotativos da identidade visual de marcas institucionais ou comerciais para a composição de interfaces gráfico-digitais como expressões privilegiadas das marcas. Para tanto, é proposto um modelo de referência interdisciplinar, que relaciona as áreas de Branding (gestão), Design Gráfico (mediação) e Ergonomia (engenharia), para orientar e apoiar o processo decisório nos projetos de comunicação da marca em interfaces gráfico-digitais. O modelo é determinado por meio da sistematização do conhecimento, com coleta e sistematização de informações relevantes e estabelecimento de uma hierarquia de dados e funções, promovendo conhecimentos relevantes para o projeto de interfaces gráfico-digitais comprometidas com o conhecimento e a comunicação da marca.

Link para Download: Luciano Castro

MEDRADO, Milena Alves. GESTÃO DO CONHECIMENTO E ERGONOMIA: Fatores Biomecânicos na Atividade de Soldagem de Peças. Dissertação, 2007.

É válido ressaltar que as patologias biomecânicas têm aumentado as estatísticas de morbidade nas grandes empresas. Tendo como objetivo conduzir a uma reflexão na perspectiva da ergonomia sobre a questão da variabilidade dos homens, dos equipamentos e da matéria prima inse rida no contexto de trabalho da atividade de soldador. Considerandose o setor de soldagem como um setor de uma Organização mais complexa. A ergonomia e a gestão do conhecimento têm sido solicitadas, cada vez mais a atuarem na análise de processos de reestruturação produtiva, sobretudo, no que se refere às questões relacionadas à caracterização da atividade e à adequação dos postos de trabalho à biomecânica do trabalhador. No trabalho apresentado a seguir será feita uma análise ergonômica associada ao conhecimento humano no setor de soldagem de peças enfatizando o mau uso da biomecânica humana e as complicações patológicas futuras. As contribuições da ergonomia, na introdução de melhorias nas situações de trabalho, se dão por uma via de ação que busca compreender as atividades dos indivíduos em diferentes situações de trabalho com vistas à sua transformação. Assim, o foco de ação é a situação de trabalho inserida em um contexto.

Link para download: Milena Alves Medrado