Home » Posts tagged "Empresas de base tecnológica. Criação de empresas. Capital Intelectual. Modelo MCNS-TRIZ. Modelos de Negócios."

GOMES FILHO, Antonio Costa. Inovação sistemática com responsabilidade social nos empreendimentos de base tecnológica: o modelo MCNSTRIZ. Tese, 2010.

A Gestão do Conhecimento pressupõe o compartilhamento e a externalização de idéias propostas pelo capital intelectual das organizações, que, por sua vez, possibilitam a criação de novos conhecimentos que se traduzem em vantagem competitiva. Se a produtividade é uma preocupação do sistema empresa em seu ambiente interno, a competitividade é uma preocupação advinda do sistema externo ao microambiente empresarial. Dessa forma, a Inteligência Competitiva possibilita ir além da definição de estratégias, auxiliando na competitividade empresarial numa gestão pró-ativa. Para os empreendimentos que almejam liderança em tecnologia, a inovação sistemática permite rapidez e aceleração nos processos, no entanto, a inovação deve vir acompanhada de responsabilidade social, em reação a uma exigência da sociedade voltada para o Desenvolvimento Econômico Sustentável. A carência de um método que permita integrar o Capital Intelectual, a Gestão do Conhecimento, a Inteligência Competitiva aos modelos de negócios que permitam a inovação com responsabilidade social com vistas à sustentabilidade do negócio, aumentando o ciclo de vida e tornando o empreendimento perene no tempo na Sociedade do Conhecimento, levou o autor a propor o Método MCNS-TRIZ. Este é composto por 43 Princípios e permite conceber soluções criativas para os Modelos de Negócios, respeitando as expectativas dos diversos stakeholders, e de forma a atender a todos de uma maneira equilibrada, evitando soluções de compromisso. A aplicação se fez em um teste piloto e esse método foi inserido em um modelo conceitual e aplicado à criação de empreendimentos de base tecnológica, sendo útil na criação de modelos de negócios sustentáveis em sua fase de concepção. O modelo conceitual denominado de Modelo MCNS-TRIZ foi descrito em forma de modelagem de processos, sendo composto por três fases: idéia, método e modelo de negócios. Todas as fases incluem atividades e tarefas, num total de seis atividades e dezesseis tarefas. A verificação do modelo MCNS-TRIZ foi feita em dois estudos de caso, o caso número 1 com nível elevado de abstração, cuja seleção respeitou o Princípio da Idéia Inovadora, o caso número 2 com nível baixo de abstração, que respeitou o Princípio da Marca. Os resultados comprovaram a viabilidade técnica de aplicação do modelo e a necessidade de ajustes para aplicação a outros casos.

Link para Download: Antonio_Costa_Gomes_Filho