Home » Posts tagged "EEG"

VELLOSO, Bruno Panerai. Atenção como Critério de Avaliação de Objetos de Ensino e Aprendizagem Baseado em suas Características. Tese, 2014.

Este trabalho buscou alternativas viáveis para identificar e classificar Objetos de Ensino e Aprendizagem com relação ao nível de atenção que pode ser esperado deles. A Atenção desempenha um papel importante no processo de ensino e aprendizagem e identificar objetos que potencializem a atenção dos alunos é relevante no contexto do ensino suportado por tecnologias.

Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é elaborar um método de avaliação de objetos de ensino e aprendizagem com base nos níveis de Atenção do aluno.

O método utilizado consistiu em obter a atividade cerebral de alunos por meio de eletroencefalografia relacionando-a com a Atenção durante a utilização de objetos de ensino e aprendizagem. Com base nestas medições foram calculados valores definidos como ”pontuação de atenção” que são diretamente proporcionais a atenção do sujeito testado.

De posse da pontuação de Atenção esta foi relacionada com as características do objeto, gerando um artefato do qual espera-se a capacidade de extrapolação da pontuação de Atenção para outros objetos semelhantes.

Duas tecnologias foram utilizados para a construção do artefato: Redes Neurais Artificiais (Redes de Kohonen) e Classificadores Estatísticos (See5) destas o melhor resultado foi obtido com o uso das redes de Kohonen que se mostraram capazes de classificar objetos com metadados semelhantes indicando níveis próximos de atenção.

Os resultados obtidos indicaram a necessidade de um conjunto mais especifico de características que o conjunto de metadados disponível. Desta forma, neste trabalho foi proposto, e definido, um conjunto metadados baseados em características de design, usabilidade e arquitetura de informação. De posse deste conjunto, novos testes, mais abrangentes, foram executados e os resultados obtidos demonstram que os metadados propostos tem uma relação mais próxima com as características relevantes à atenção.

Este resultado vai de encontro a hipótese tratada neste trabalho: ”Existe um conjunto de dados capaz de descrever um objeto de ensino e aprendizagem e com base neste conjunto é possível inferir, de forma objetiva, um nível de atenção”. Mostrando que o conjunto de metadados proposto, apesar de não ser otimizado, representa o objetos de ensino e aprendizagem de forma mais eficiente, no que tange o nível de atenção esperado, que o conjunto previamente utilizado.

 

Link para Download: Bruno Panerai Velloso