Home » Posts tagged "educação a distância" (Page 2)

WOLF, Sérgio Machado. Influência da Competência Empreendedora dos Coordenadores nos Indicadores de Desempenho dos Polos Ead. Tese, 2014.

Este trabalho objetiva analisar a influência da competência empreendedora dos coordenadores de polos nos indicadores de desempenho dos polos de educação a distância do sistema Universidade Aberta do Brasil no Estado de Santa Catarina. Para tanto, identifica-se a competência empreendedora requerida aos coordenadores de polo; desenvolve-se uma metodologia para determinar o índice de competência empreendedora por meio da avaliação dos seguintes indicadores: conhecimentos, habilidades, atitudes e nível de entrega; relacionam-se os indicadores de Competência Empreendedora dos coordenadores com os indicadores de desempenho dos polos, tendo por referência a avaliação realizada pela CAPES. Sua base teórica se fundamenta na gestão do conhecimento e na sua utilização pelas organizações, nas competências e no empreendedorismo. Descreve o histórico, a legislação, o funcionamento e os objetivos do Programa Universidade Aberta do Brasil, além do seu contexto na educação na modalidade a distância. Também discorre sobre suas peculiaridades, bem como sobre a aplicação dessa modalidade ao ensino superior brasileiro, apontando a importância das atividades desenvolvidas pelos coordenadores de polo. Seguiu-se uma abordagem metodológica descritiva e documental, predominantemente qualitativa. Por meio deste trabalho, obtiveram-se relevantes associações entre o nível de competência empreendedora do coordenador do polo e a avaliação efetuada pela CAPES. Verificou-se que o grupo de coordenadores de polo avaliado totalizou 79,85% de índice de competência empreendedora, associado a um índice de 85,71% de sucesso (conceito AA) na avaliação. Por meio dos contributos das práticas e dos métodos da gestão do conhecimento, a metodologia desenvolvida pode ser aplicada em outras áreas em que a competência empreendedora também seja a força motriz do processo.

 Link para download: Sérgio Machado Wolf

CERVELIN, Severino. Design Instrucional à Educação Profissional on-line. Tese, 2013.

Nesta pesquisa, foi desenvolvido um modelo de Design Instrucional à Educação Profissional para cursos on-line que necessitam de experimentação prática presencial, com simulação em Laboratório Móvel Modular (LMM), fundamentado no modelo de Design Instrucional Integrative Learning Design Framework (ILDF) on-line, apoiada pelas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) junto a ferramentas virtuais. Busca-se aumentar a oferta desses cursos visando à formação e qualificação de profissionais especializados, habilitando-os a compreender os processos produtivos e a desenvolver um apurado preparo profissional, frente às mudanças contínuas de mercado exigindo o conhecimento de novas tecnologias. Para o desenvolvimento desta tese, um total de 20 alunos estudantes de um curso de graduação em Engenharia Elétrica, na disciplina de Laboratório de Instalações Elétricas, foi submetido a criteriosas avaliações de aprendizagem, de conceitos tecnológicos e ensaios experimentais, com planejamento, utilização de material impresso e orientações, nos AVA Jornada, adequados. O Design instrucional foi desenvolvido para dar suporte em todos os conteúdos, tanto impressos como on-line, que exijam experimentação prática presencial, onde foram desenvolvidos integralmente, sem a presença do professor, não prejudicando o desenvolvimento e a finalização de suas atividades. Na análise da avaliação final da pesquisa exploratória, comprovou-se que o modelo com o uso adequado de TICs e Design Instrucional para cursos on-line apresenta plenas condições de aplicação em cursos profissionalizantes e tecnológicos que necessitam de laboratórios para experimentação prática presencial, além da expressiva redução da carga horária presencial do professor.

Link para Download: Severino Cervelin

RIBAS, Júlio César da Costa. Planejamento Educacional Baseado em Cenários Prospectivos na Educação a Distância. Tese, 2013.

O presente estudo tem por objetivo analisar, no âmbito da educação a distância, as contribuições do método preconizado por Juares Thiesen para construção e análise de cenários prospectivos, aplicado ao planejamento educacional, com o aporte da Gestão do Conhecimento. Embora diversos estudos destaquem a importância do planejamento em EaD, estudos consistentes ainda são escassos. Os Estudos Prospectivos e a Construção de Cenários constituem uma abordagem utilizada pelas organizações para antever e projetar a realidade a longo prazo, o que pode contribuir para a superação das dificuldades de planejamento da EaD. O estudo, conduzido pelas abordagens quantitativa e qualitativa, utilizou para desenvolvimento de seu processo a técnica de pesquisa-ação, organizada em cinco etapas: exploratória; adaptação; aplicação; análise; e resultados. Na etapa exploratória, procede-se o estudo sobre os pilares que sustentam a presente pesquisa: os estudos prospectivos, a educação a distância e o método para construção e análise de cenários prospectivos proposto por Thiesen. A etapa de adaptação visa à análise aprofundada do método proposto, com o objetivo de viabilizar sua aplicação, em ambiente acadêmico e situação real. A etapa de aplicação estrutura a aplicação do método por meio de oficinas. Na etapa de análise é realizada a verificação de consistência e a análise das contribuições do método ao planejamento educacional, realizadas por questionários e entrevistas em uma instituição pública de ensino superior. Na etapa de resultados procede-se a análise geral, sendo elaboradas as conclusões finais da pesquisa. O estudo evidencia a importância do método para construção e análise de cenários prospectivos no âmbito da educação a distância e demonstra como o planejamento baseado em cenários prospectivos contribui para a geração de uma estratégia efetiva, extrapolando as tendências e considerando os aspectos do futuro e as incertezas. Constitui ainda uma contribuição técnica e científica, pois, além de investigar a aplicação de um método singular, com foco na área educacional, apresenta as especificidades e necessidades de sua aplicação, em situação real, para a educação a distância. Aprofunda conceitos de planejamento da EaD, planejamento estratégico, construção de cenários e inovação relacionados com a Gestão do Conhecimento, exigindo assim diálogo e interação entre distintas áreas e exercício da prática interdisciplinar.

Link para Download: Julio Cesar da Costa Ribas

NUNES, Carolina Schmitt. O Compartilhamento de Conhecimento entre os Agentes de um Curso na Modalidade EAD: Um Estudo de Caso. Dissertação, 2013.

O compartilhamento de conhecimento enquanto processo da gestão do conhecimento é fundamental na aprendizagem individual e organizacional. Na educação a distância o compartilhamento de conhecimento pode colaborar para um melhor rendimento dos alunos no que se refere à aprendizagem e para a melhoria do desempenho do curso em termos da gestão do mesmo. Considerando a expansão significativa da modalidade de educação a distância no Brasil na última década, a presente dissertação busca analisar como ocorre o compartilhamento de conhecimento entre os integrantes de uma curso de graduação na modalidade EaD. O curso estudado foi o curso de graduação em Administração ofertado pelo Departamento de Ciências da Administração da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Para isso foram realizadas  entrevistas semi estruturadas com integrantes do curso que desempenham diferentes funções no período entre maio e outubro de 2012. As entrevistas foram realizadas nos polos de apoio presencial e na sala de Tutoria da UFSC, posteriormente as entrevistas foram transcritas, codificadas e analisadas segundo o paradigma interpretavista. Dentre os resultados, verificou-se entre quais integrantes do curso o compartilhamento de conhecimento acorre, dentre esses, observou-se maior intensidade nas interações entre alunos e alunos, e entre alunos e tutores (presenciais e a distância). As interações ocorriam por diferentes meios que eram poderiam ser suportados por TICs ou não, estes meios não eram apenas os adotados oficialmente pelo curso, sendo que o compartilhamento de conhecimento acontecia também informalmente. Ainda foi possível identificar alguns dos fatores críticos ao compartilhamento de conhecimento no contexto estudado, nesse sentido, observou-se que o polo de apoio presencial e a forma como é gerido tem impacto direto no compartilhamento de conhecimento entre os agentes do curso.

Link para download: Carolina Schmitt Nunes

SILVA, Andreza Regina Lopes da. Diretrizes de Design Instrucional para Elaboração de Material Didático em EaD: Uma Abordagem Centrada na Construção do Conhecimento. Dissertação, 2013.

Com o desenvolvimento da sociedade, centrada no conhecimento, a Educação a Distância (EaD) tem crescido vertiginosamente, impulsionada pela evolução das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Neste sentido, ampliou-se a necessidade de se pensar no processo e nas práticas de elaboração de material didático para esta metodologia educacional, que,com suas singularidades,tem contribuído para potencializar a transformação da informação em conhecimento, para o desenvolvimento da competência do estudante. Com base nesta percepção, o estudo desta dissertação objetivou propor diretrizes de design instrucional (DI) para elaboração de material didático em EaD com foco na construção do conhecimento. Deste modo, nesta pesquisa, descrevem-se as fases do processo de DI para elaboração do material didático na modalidade a distância, mapeia-se o processo de elaboração de material didático na EaD e identificam-se dimensões de estruturação do material didático em EaD pautadas na construção do conhecimento. De abrangência interdisciplinar pela natureza do seu objeto, esta pesquisa se classifica como uma concepção filosófica interpretativa, com estratégia de investigação centrada em um estudo de caso realizado no Programa de Capacitação em Rede: competência para o ciclo de Desenvolvimento de Inovações (projeto e-Nova). Como método de pesquisa,trabalhou-se com levantamento bibliográfico, documental e observação participante. Para análise dos dados, adotou-se dentro de uma abordagem qualitativa. Com isso, ao final desta pesquisa, propôs-se dezoito diretrizes de design instrucional, organizadas em quatro dimensões, na intenção de colaborar com as ações e práticas do designer instrucional bem como com o avanço científico na área. Por fim, considerando-se que o material didático é o fio condutor no processo de ensino e aprendizagem, principalmente na modalidade a distância, verificou-se que a definição das diretrizes de DI contribui para potencializara transformação da informação em conhecimento e que estas podem ir além das práticas para a metodologia EaD, atendendo às necessidades da educação tradicional também.

Link para download: Andreza Regina Lopes da Silva

RISSI, Maurício. A confiança e as relações interpessoais assegurando o compartilhamento do conhecimento no ambiente virtual de aprendizagem. Tese, 2013.

Esta pesquisa tem como objetivo apresentar quais fatores interferem nas relações interpessoais e na confiança para o compartilhamento de conhecimento em ambientes virtuais de aprendizagem. Como diretriz conceitual utilizou-se principalmente os autores: Nonaka e Takeuchi, Davenport, Prusak, Terra, Aretio, Mattar, Park, Nakayama, e Vygotsky. Como principal referencial metodológico tem-se a teoria fundamentada em dados (Grounded Theory) de Strauss e Corbin (2008). Quanto ao tipo de estudo, caracteriza-se como teórico-empírico, descritivo, aplicado, bibliográfico e estudo de caso. Em relação à abordagem, esta pesquisa classifica-se como predominante qualitativa, com análise interpretativista, sendo feitas um total de 29 entrevistas. Os principais resultados dessa pesquisa indicam que a gestão do curso busca padronizar os elementos e ferramentas utilizadas nas disciplinas e essa ação diminui as possibilidades de interação. Sobre as ferramentas do AVA, percebeu-se que o curso utiliza um número limitado de ferramentas, porém, das ferramentas disponíveis muitas são concorrentes entre si. Também se verificou que a equipe envolvida não possui conhecimento de todas as ferramentas existentes no AVA, o que limita a utilização de novas ferramentas no Curso. Das características individuais descreve-se que afetam positiva ou negativamente as possibilidades de interações, mas que a pró-atividade, quando observada nos tutores presenciais e/ou coordenadores de polo é responsável por oportunidades de interações. Quanto às interações, percebeu-se que elas geram um ciclo de mútua influência, onde um tipo de interação favorece o surgimento de mais interações. Porém, ressalta-se o paradoxo, que apesar das interações se estimularem mutuamente, elas concorrem entre si em tempo e esforço do acadêmico. Por fim, detectou-se que o estabelecimento da confiança entre os indivíduos do curso, facilita o surgimento de interações. Reforçando o ciclo virtuoso, onde as interações são causas de relações interpessoais, e as relações interpessoais por sua vez, possibilitam o estabelecimento da confiança, e, fechando o ciclo virtuoso, a confiança facilita o surgimento de mais interações.

Link para download: Maurício Rissi

BATTISTI, Patrícia. Retenção do Conhecimento na EaD: “O Estudo de Caso do Programa de Capacitação em Rede – Competências para o Ciclo de Desenvolvimento de Inovações – Projeto e-NOVA”. Dissertação, 2012.

Diante da evolução tecnológica, as pessoas se veem em busca de novos conhecimentos para a sua constante atualização. Desse modo, são desenvolvidos cursos de capacitações voltados para determinados públicos-alvo. A EaD surge como alternativa de capacitação e aperfeiçoamento no âmbito profissional. Este trabalho busca apresentar um curso de capacitação na modalidade a distância como estudo de caso, o Projeto e-Nova – Programa de Capacitação em Rede: Ciclo para o Desenvolvimento das Inovações. Esta pesquisa tem por objetivo identificar a retenção do conhecimento dos alunos por meio das teorias estudadas no decorrer do curso. Pretende-se fazer com que os alunos possam desenvolver projetos de inovações, atrelando essa teoria à prática. Para atender a esse objetivo, determinaram-se os construtos que deveriam ser estudados e que fossem relevantes para o tema desta pesquisa. Ainda foi necessário definir um template baseado no conteúdo do curso e nas teorias de aprendizagem. Para tanto, foram estabelecidos os critérios de avaliação conforme os parâmetros requeridos pela pesquisa a fim de avaliar os projetos de produtos ou processos inovadores. Os procedimentos metodológicos utilizados foram pesquisa exploratória de natureza aplicada, levantamento bibliográfico e documental, com o emprego de métodos mistos quali-quantitativos, sendo uma pesquisa ação-participante e se caracterizando como estudo de caso. Quanto aos resultados alcançados com esta pesquisa, pode-se concluir que os projetos finais que atenderam ao maior número de critérios estabelecidos, foram os alunos que obtiveram também uma maior retenção do conhecimento estudado durante todo o decorrer do curso de capacitação.

 Link para download: Patrícia Battisti

AMORIM, João Schorne de. O Perfil do Aluno na Educação a Distância: Um Estudo Sobre a Inclusão Digital na Polícia Militar de Santa Catarina. Dissertação, 2012.

As tecnologias da informação e comunicação deram um novo patamar aos processos da educação a distância. As várias possibilidades de aplicação dessas ferramentas, valendo-se dos ambientes virtuais de aprendizagem, requerem cada vez mais que o corpo discente esteja preparado para utilizá-las visando a eficácia no processo ensino-aprendizagem. Esta pesquisa, como Dissertação de Mestrado, discorre sobre o perfil dos alunos do Curso de Formação de Cabos da Polícia Militar de Santa Catarina, no ano de 2012, e sua relação com o universo digital. Foi aplicado um questionário fechado para uma população de 525 alunos, restando 424 questionários válidos. Os dados, caracterizados como números absolutos e percentuais, foram analisados estatisticamente de forma univariada e bivariada. Como resultado, a pesquisa demonstra a relação dos alunos com a inclusão digital, tão necessária para as atividades na modalidade da educação a distância. Ao final, a pesquisa apresenta sugestões para que a Polícia Militar de Santa Catarina melhore seus processos produtivos referentes a futuros cursos que empreguem essa modalidade de ensino.

Link para download: João Schorne de Amorim

SILVA, Rodrigo Gecelka da. O Potencial Educacional dos Mundos Virtuais Tridimensionais: Um Estudo de Caso do Second Life. Dissertação, 2012.

Com o rápido avanço da Internet e o surgimento da Web 2.0, surgem também novas formas de se realizar educação. Entre elas está o Second Life, um mundo virtual tridimensional que passa a ser utilizado também como Ambiente Virtual de Aprendizagem. A presente pesquisa busca identificar as principais características do Second Life que podem potencializar o Design Educacional em cursos à distância, incorporando a gestão e o acompanhamento dos processos de ensino e aprendizagem por meio do Sloodle (integração do Second Life com o Moodle). Para isso, realizou-se pesquisa de natureza aplicada, de abordagem quantiqualitativa, apoiada em procedimentos metodológicos de pesquisa bibliográfica, documental e estudo de caso. Foram levantados e analisados recursos e ferramentas do Second Life e do Sloodle, bem como seus desafios e limitações a partir do relato de uma experiência com nove turmas do curso “Second Life completo para iniciantes”, oferecido pelo SEBRAE na Ilha do Empreendedor, no intervalo 2010-2011. Consideraram-se modelos de Design Educacional tradicionais utilizados em Ambientes Virtuais de Aprendizagem com interface bidimensional, a fim de se obter elementos passíveis de correlação com os elementos extraídos da experiência com o Second Life. Dentre os resultados, observou-se, além do amplo reconhecimento do potencial educacional do Second Life por profissionais das áreas de educação e Tecnologia da Informação e Comunicação, a possibilidade de inserir na Educação à Distância o sentimento de imersão, potencializando a integração e a interação com o papel do professor nos moldes do ensino presencial.

Link para download: Rodrigo Gecelka da Silva

 

FONSECA, Roberto Vidal. A Profissionalização dos Apenados, Por Meio da Educação a Distância, Como Contribuição à Inserção ao Mercado de Trabalho: O Caso da Penitenciária de Florianópolis/SC. Dissertação, 2011.

O Sistema prisional de Santa Catarina não vem cumprindo as funções declaradas ou prometidas da pena privativa de liberdade, fato este constatado em razão do alto nível de reincidência verificado. Essa reincidência decorre de diversos fatores, sendo um deles, e talvez o cerne da questão, é a dificuldade enfrentada pelo egresso na obtenção de um emprego, decorrente, principalmente, de sua estigmatização e de sua desqualificação profissional. Nesse sentido esta pesquisa teve como objetivo a verificação da utilização da Educação a Distancia, na modalidade técnico profissionalizante, como um apoio para facilitar a inserção do apenado no mercado de trabalho, desenvolvendo habilidades, permitindo sua competitividade no mercado de trabalho, além da valorização como ser humano.  O método utilizado para a coleta de dados foram os documentos existentes no ergástulo e o questionário elaborado com respostas abertas e de múltipla escolha.

Link para Download: Roberto Vidal Fonseca