Home » Posts tagged "design instrucional"

BRAGLIA, Israel. Um Modelo Baseado em Ontologia e Extração de Informação como Suporte ao Design Instrucional na Geração de Mídias do Conhecimento. Tese, 2014.

A educação à distância (EAD) é uma realidade em expansão. Sobre esta evolução está o design instrucional permeando as equipes de produção para cursos em EAD. Nesta tese o objetivo foi propor um modelo baseado em ontologia e extração da informação como suporte ao processo de design instrucional na geração de mídias do conhecimento. Sendo assim, esta tese propõe um modelo que tivesse como suporte ontologias de domínio para a EAD – pois todo material instrucional de um curso de EAD nasce de um texto bruto (corpus). Com a intuição de auxiliar a fase de implementação do designer instrucional sob a leitura deste texto bruto, foi criado um modelo de representação baseado em ontologia para que o mesmo possa projetar ao designer instrucional as categorias básicas sobre o texto. Para isso, ao trabalhar o texto bruto, o designer instrucional pode se atribuir de uma ferramenta de extração de informação e, por consequência, agilizar seus insumos de trabalho. É importante destacar que o modelo aqui proposto se expande e funciona em sua totalidade através da integração com outras ontologias para realizar uma representação gráfica do corpus: que expõe conexões existentes entre os termos e como eles podem ainda, em uma visão geral, se inter-relacionar com outros termos do texto. Esta representação gráfica é um mapa conceitual gerado a partir das regras da ontologia que contemplam o modelo. A mídia do conhecimento no modelo são os mapas conceituais gerados. Para exemplifica-lo, três disciplinas do curso Letras/LIBRAS da UFSC foram selecionadas. Os textos brutos destas disciplinas foram marcados de acordo com as regras estipuladas. Sobre estes termos marcados, a ontologia criada foi aplicada e sobre ela, outras ontologias de domínio alimentaram os termos para conceituação e explicação dos mesmos. Com o modelo aplicado, através de verificação com especialistas entende-se que o mesmo é tido como válido e que apresenta possibilidades positivas ao fluxo de design instrucional.

 

Link para Download: Israel Braglia

CERVELIN, Severino. Design Instrucional à Educação Profissional on-line. Tese, 2013.

Nesta pesquisa, foi desenvolvido um modelo de Design Instrucional à Educação Profissional para cursos on-line que necessitam de experimentação prática presencial, com simulação em Laboratório Móvel Modular (LMM), fundamentado no modelo de Design Instrucional Integrative Learning Design Framework (ILDF) on-line, apoiada pelas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) junto a ferramentas virtuais. Busca-se aumentar a oferta desses cursos visando à formação e qualificação de profissionais especializados, habilitando-os a compreender os processos produtivos e a desenvolver um apurado preparo profissional, frente às mudanças contínuas de mercado exigindo o conhecimento de novas tecnologias. Para o desenvolvimento desta tese, um total de 20 alunos estudantes de um curso de graduação em Engenharia Elétrica, na disciplina de Laboratório de Instalações Elétricas, foi submetido a criteriosas avaliações de aprendizagem, de conceitos tecnológicos e ensaios experimentais, com planejamento, utilização de material impresso e orientações, nos AVA Jornada, adequados. O Design instrucional foi desenvolvido para dar suporte em todos os conteúdos, tanto impressos como on-line, que exijam experimentação prática presencial, onde foram desenvolvidos integralmente, sem a presença do professor, não prejudicando o desenvolvimento e a finalização de suas atividades. Na análise da avaliação final da pesquisa exploratória, comprovou-se que o modelo com o uso adequado de TICs e Design Instrucional para cursos on-line apresenta plenas condições de aplicação em cursos profissionalizantes e tecnológicos que necessitam de laboratórios para experimentação prática presencial, além da expressiva redução da carga horária presencial do professor.

Link para Download: Severino Cervelin

SILVA, Andreza Regina Lopes da. Diretrizes de Design Instrucional para Elaboração de Material Didático em EaD: Uma Abordagem Centrada na Construção do Conhecimento. Dissertação, 2013.

Com o desenvolvimento da sociedade, centrada no conhecimento, a Educação a Distância (EaD) tem crescido vertiginosamente, impulsionada pela evolução das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Neste sentido, ampliou-se a necessidade de se pensar no processo e nas práticas de elaboração de material didático para esta metodologia educacional, que,com suas singularidades,tem contribuído para potencializar a transformação da informação em conhecimento, para o desenvolvimento da competência do estudante. Com base nesta percepção, o estudo desta dissertação objetivou propor diretrizes de design instrucional (DI) para elaboração de material didático em EaD com foco na construção do conhecimento. Deste modo, nesta pesquisa, descrevem-se as fases do processo de DI para elaboração do material didático na modalidade a distância, mapeia-se o processo de elaboração de material didático na EaD e identificam-se dimensões de estruturação do material didático em EaD pautadas na construção do conhecimento. De abrangência interdisciplinar pela natureza do seu objeto, esta pesquisa se classifica como uma concepção filosófica interpretativa, com estratégia de investigação centrada em um estudo de caso realizado no Programa de Capacitação em Rede: competência para o ciclo de Desenvolvimento de Inovações (projeto e-Nova). Como método de pesquisa,trabalhou-se com levantamento bibliográfico, documental e observação participante. Para análise dos dados, adotou-se dentro de uma abordagem qualitativa. Com isso, ao final desta pesquisa, propôs-se dezoito diretrizes de design instrucional, organizadas em quatro dimensões, na intenção de colaborar com as ações e práticas do designer instrucional bem como com o avanço científico na área. Por fim, considerando-se que o material didático é o fio condutor no processo de ensino e aprendizagem, principalmente na modalidade a distância, verificou-se que a definição das diretrizes de DI contribui para potencializara transformação da informação em conhecimento e que estas podem ir além das práticas para a metodologia EaD, atendendo às necessidades da educação tradicional também.

Link para download: Andreza Regina Lopes da Silva

KOTUJANSKY, Silvio. Um modelo para a elaboração colaborativa de conteúdos didáticos digitais que utilizem a metáfora de histórias em quadrinhos e recursos hipermídia. Dissertação, 2009.

Este trabalho apresenta uma proposta para melhoria do processo de elaboração de conteúdos para cursos digitais presenciais e à distância. A pesquisa é orientada no objetivo de se obter um bom resultado no aprendizado do aluno e no desafio de se obter rapidez e eficiência na elaboração dos conteúdos. A presente pesquisa teve como cenário o projeto de criação da Coleção Educação Digital – Educação num Clique do SESI-SC que faz parte do Projeto Educação do Trabalhador. Através da metáfora das histórias em quadrinhos foram criados onze cursos para alunos jovens e adultos do ensino fundamental e médio. Cada curso com uma carga horária média de 50 horas. Para vencer o desafio de criação dos onze cursos em um período de 18 meses, técnicas de Computer Supported Cooperative Work (CSCW) foram utilizadas para prover a eficiência esperada com as equipes responsáveis pela elaboração dos cursos que na maioria do tempo trabalhou à distância através da Internet. O resultado da pesquisa culminou no desenvolvimento de um ambiente computacional especializado na criação de cursos por equipes multidisciplinares que trabalham à distância.

Link para download: Silvio Kotujansky