Home » Posts tagged "Competências individuais"

ROCHA, Paula Regina Zarelli. Métodos de avaliação de ativos intangíveis e capital intelectual: análise das competências individuais. Dissertação, 2012.

Esta dissertação objetivou identificar os métodos de avaliação de ativos intangíveis e capital intelectual que consideram competências individuais em seu escopo. A partir de busca sistemática de literatura, obteve-se dezessete modelos de competências individuais, que permitiu determinar competências individuais nas perspectivas de insumo/input e produto/output e classificar tais perspectivas como mapeamento e mensuração nos modelos de competências individuais, bem como identificar as dimensões e a avaliação destas competências. Em relação aos métodos de avaliação de ativos intangíveis (AI) e capital intelectual (CI), buscou-se caracterizar os métodos e constatar os AI e CI considerados, bem como a mensuração destes. Para isso, utilizou-se a revisão de literatura tradicional baseada nos estudos de Sveiby (2011), com a identificação de trinta métodos de avaliação. Como principais resultados de análise de competências, apresentou-se a uma proposta embasada na literatura, aplicável em diferentes contextos, que levou em conta as dimensões conhecimentos, habilidades e atitudes das competências individuais na perspectiva input para modelos de competências; e, componente do capital humano, ativos do conhecimento e ativos humanos para métodos de avaliação de AI e CI. Sobre a avaliação de competências, a proposta sugeriu as competências observáveis, as competências relacionadas a resultados, as competências requeridas e a avaliação de desempenho, na perspectiva output para modelos de competências; e, indicadores, índices, painel de indicadores e valor de AI e CI para métodos de avaliação de AI e CI.

Link para Download: Paula Regina Zarelli Rocha

ALVES, Lourdes. Competências individuais em organizações do conhecimento: Um estudo nas instituições particulares e comunitárias de Santa Catarina. Dissertação, 2009.

A sociedade contemporânea dá sinais de que o conhecimento, como recursointangível, ocupa um espaço significativo na competitividade das organizações. Nesse contexto estão as instituições de educação superior – IES, cuja finalidade principal é produzir, discutir e disseminar ciência e tecnologia gerando conhecimento. Este trabalho efetuou uma análise do papel das instituições no paradigma das organizações do conhecimento, enfocando a função da coordenação de curso e suas competências individuais. O conceito que fundamenta este trabalho é o de que a competência é uma combinação indissociável de conhecimentos, habilidades e atitudes e que contribuem para ampliar a performance das pessoas nas organizações. O trabalho foi desenvolvido por meio de um survey, envolvendo coordenadores de cursos superiores de instituições privadas – particulares e comunitárias – de Santa Catarina. O trabalho consistiu no mapeamento genérico de competências individuais – comportamentais e técnicas. A pesquisa foi efetuada por intermédio de um questionário estruturado, visando identificar o nível de utilização e a relevância dessas competências no desempenho das funções do coordenador. Também, foram identificadas as funções do coordenador, a partir de estudo bibliográfico e análise de regimentos. Concluiu-se que as competências mais relevantes são: comportamentais – oitiva de professores e alunos, honestidade, ética e comprometimento com os resultados; técnicas – domínio do conhecimento específico, visão estratégica, trabalho em equipe, foco no cliente, estímulo à transferência de conhecimentos. Verificou-se que a congruência entre valores da organização e valores pessoais faz sentido na atividade laboral e acontece quando houver integração entre as competências essenciais da organização e as competências individuais.

Link para download: Lourdes Alves