Home » Posts tagged "Capacitação"

DELFINO, Nelson. Compartilhamento do conhecimento nos cursos de capacitação da Universidade Federal de Santa Catarina. Dissertação, 2014.

Esta dissertação tem como objetivo verificar a contribuição do compartilhamento do conhecimento por meio dos cursos de capacitação e aprimoramento ofertados na UFSC ao seu corpo administrativo. Busca-se identificar, por meio do objetivo geral, as relações de troca existentes entre os sujeitos envolvidos nas atividades de capacitação e a forma de organização, e se neste processo de capacitar pessoas ocorrem o compartilhado do conhecimento e o seu entesouramento organizacional. Para tanto, por meio dos objetivos específicos, de descrever o plano de capacitação, categorizar o obtido com entrevistas junto aos gestores e a frequência dos questionamentos feitos aos participantes dos cursos de capacitação, estruturou-se a pesquisa, na forma de identificar a ocorrência e os meios estruturais de condução das formas de processos de capacitação pela organização. Através dos dados levantados junto aos sujeitos envolvidos na pesquisa, buscou-se identificar através dos fatores “comunidade” e “pessoal”, se há o compartilhamento do conhecimento nos cursos por meio da percepção dos participantes da pesquisa. Desta forma, efetivou-se um estudo de caso, com abordagem pragmática (mista) nos cursos de capacitação da Universidade Federal de Santa Catarina, para evidenciar as relações existentes dentro de um ambiente de aprimoramento profissional. Usou-se a método de triangulação de dados, com o intuito de identificar a convergência destes para identificação, se as formas de gestão da capacitação de pessoas na Instituição geram o aprimoramento do conhecimento e se o que é gerado cria novas competências e se estas são entesouradas em um ciclo virtuoso de tácito-pessoal para explícito-organizacional. Destacaram-se, nos resultados, as formas de condução e estruturação desta comunidade de troca de conhecimento e as relações das pessoas envolvidas nos processos de capacitação. Foram identificadas as percepções dos envolvidos no processo de gestão, as visões dos participantes e as limitações existentes nos processos de troca e decisão. Concluiu-se que o compartilhamento do conhecimento acontece nos cursos, porém novas formas e meios de trocas devem ser incentivados para o constante aprimoramento do setor de gestão de pessoas da instituição.

Link para Download: Nelson Delfino

BUGARIM, Maria Clara Cavalcante. Desenvolvimento e Gestão de Programas de Capacitação Mediados por Tecnologia: proposição de um arcabouço teórico no âmbito da Governança Corporativa. Tese, 2012.

Em função da evolução apresentada nos conhecimentos e procedimentos contábeis, surgem novos desafios relacionados à qualificação dos profissionais de contabilidade no Brasil. Um de seus principais desafios consiste em criar soluções em educação que possibilitem a disseminação do conhecimento em contabilidade, equacionando a grande extensão territorial do Brasil, o número expressivo de profissionais registrados em todos os seus estados, as diferenças nos níveis de formação e o insuficiente número de professores qualificados, em comparação com a quantidade ofertada de cursos de graduação em ciências contábeis, assim como a demanda por educação continuada por parte dos profissionais que já atuam no mercado. Esse estudo procurou assim, desenvolver um framework de gestão estratégica da capacitação na área contábil, suportado por meios tecnológicos, para atender às demandas dos diversos níveis de formação no âmbito da governança corporativa. A pesquisa, basicamente aconteceu em dois momentos. O primeiro foi a construção do framework. Aqui, o estudo foi de cunho teórico construtivista, tendo como base o modelo de criação de valor corporativo por meio das dimensões Desempenho, Conformidade e Responsabilidade, o ciclo da Qualidade (PDCA), as contribuições do Capital Intelectual (Humano, de Relacionamento e Estrutural), bem como os preceitos da moderna contabilidade, do Ensino a Distância, da gestão corporativa e organizacional. Em um segundo momento, extraindo-se da literatura um questionário contendo os componentes do framework, conseguiu-se validar o arcabouço elaborado, com 24 especialistas da área contábil, por meio da Técnica Delphi, utilizando-se de análise descritiva, com análise qualitativa das contribuições dos especialistas para o framework. As contribuições para o framework coletadas dos especialistas e alinhadas ao referencial teórico proposto foram: Existe um contexto favorável à utilização da EaD como ferramenta estratégica de integração das capacitações em nível nacional; Políticas e Diretrizes são necessários para a visão estratégica do projeto; O método de ensino deve ser presencial e virtual (blended learning); Para a integração dos diversos atores, será necessário respeitar a autonomia das instituições parceiras para a implantação do projeto de capacitação; A avaliação do projeto de capacitação deve ser realizada por meio de entidades externas para garantir a conformidade; Será necessário a implantação do documento de declaração do Capital intelectual tendo como base o European ICS Guideline; Será necessária a elaboração de um Documento de Diretrizes, com um capítulo de Gestão da Qualidade; Será necessário uma padronização do projeto de capacitação, respeitando algumas características regionais e estar atento a estratégias emergenciais, isto é, padronização com flexibilidade; A gestão do Risco deve ser um item a ser perseguido para a evolução do projeto de capacitação em pauta; A Ética é elemento chave no processo e no projeto; A Promoção e Disseminação das melhores práticas são elementos que irão mitigar as diferenças regionais de aprendizagem. Conclui-se com um framework gerencial para programas de capacitação na área contábil, mediado por tecnologia, no âmbito da governança corporativa.

Link para Download: Maria Clara Cavalcante Bugarim