Home » Page 44

GIGLIO, Kamil. Análise comparativa entre IPTV, WEBTV e TVD com foco em disseminação do conhecimento. Dissertação, 2010.

O tema proposto tem por intuito realizar uma análise comparativa entre padrões digitais de televisão, com foco na disseminação do conhecimento. Para tanto, é contextualizado o cenário socioeconômico e tecnológico atual, representado pela sociedade do conhecimento, com objetivo de demonstrar as diferenças e convergências entre as tecnologias escolhidas para análise. Neste sentido, foram selecionados três padrões, Internet Protocol Television (IPTV), Televisão pela Web (WebTV) e TV digital Terrestre (TVD), que se apresentam como alternativas potenciais e congruentes com o objetivo principal da pesquisa. A metodologia adotada baseou-se numa pesquisa bibliográfica e descritiva, com foco em três áreas interdisciplinares de pesquisa: a Engenharia do Conhecimento, a Gestão do Conhecimento e a Mídia do Conhecimento. Para a realização da análise comparativa foram estabelecidos alguns indicadores/critérios, baseados na revisão sistemática da literatura, que se utilizou da pesquisa quantitativa em estudos de trabalhos correlatos, pesquisados em base de dados específica. Por fim, com os resultados obtidos na pesquisa busca-se contribuir no processo de desenvolvimento da disseminação e compartilhamento do conhecimento através de mídias digitais, dissertando sobre as principais características que compõem cada padrão e cooperar na discussão e no processo de desenvolvimento do mercado e da academia.

Link para download: Kamil Giglio

LENZI, Greicy K. S. Diretrizes para a Gestão de Projetos de Cursos de Capacitação na Modalidade de Educação a Distância. Dissertação, 2010.

Os cursos na modalidade de Educação a Distância (EAD) exigem processos específicos e complexos para serem realizados. Isso implica na necessidade de um modelo robusto de gestão de projetos que abarque todos os processos para garantir que estes obtenham eficiência e eficácia no processo educacional. Assim, esta dissertação, por meio da aproximação das áreas de EAD e Gerenciamento de Projetos (GP), buscou construir diretrizes de gestão em projetos nessa modalidade de ensino. Destarte, foram identificados os processos de um curso de capacitação e configuradas áreas de gestão de EAD. Os  procedimentos metodológicos delineados foram a pesquisa aplicada, bibliográfica e documental e, o estudo de caso foi executado no LED/UFSC. As atividades efetuadas foram analisadas e apresentadas a partir de uma perspectiva do PMBOK®, bem como foi realizada uma análise comparativa entre um curso que não teve como base o GP e o estudo de caso eleito. A partir disso verificou-se que a aplicação das práticas de gerenciamento de projetos contribui para a melhoria dos padrões de efetividade da Gestão em EAD.

Link para download: Greicy Lenzi

LOCATELLI, Odete Catarina. Gestão em educação ambiental e a formação de professores: interdisciplinaridade e sustentabilidade. Tese, 2009.

O objeto desta pesquisa é o processo de formação de professores para a Gestão da Educação Ambiental tendo como princípios básicos a interdisciplinaridade e a sustentabilidade. O objetivo é resgatar os elementos constitutivos da formação dos professores que atuam em Educação Ambiental para sistematizar uma base de conhecimento, de caráter interdisciplinar, considerando os princípios da sustentabilidade. A problemática que constitui é tecida por dentro do cenário educacional, e nele procura identificar quais são os fundamentos teóricometodológicos que sustentam os processos educativos em nível de formação de professores que podem servir de base para a Gestão em Educação Ambiental na perspectiva interdisciplinar e sustentável. Para a realização desta pesquisa-ação, os procedimentos empregados para coleta de dados foram: revisão bibliográfica, questionários, observações e intervenções diretas em atividades de capacitação. Empregou-se a metodologia de análise por categorias conceituais e operacionais, para extrair dos fatos e fenômenos os conhecimentos explícitos e, ao mesmo tempo, interferir na formação de professores para a Gestão em Educação Ambiental como alternativa para um processo de desenvolvimento sustentável. A análise dos dados demonstra que se atribui aos processos educativos escolares, especificamente aos de Educação Ambiental, a responsabilidade de tratar os problemas advindos dos impactos causados pela exploração dos recursos naturais, porém eles não tem condições suficientes para tanto. Conclui-se que essas condições revelam que a Educação Ambiental tratada nas escolas está muito distanciada das questões que poderiam de fato contribuir para uma Gestão de Educação Ambiental sustentável. Os resultados desta pesquisa configuram um diagnóstico de como vem se realizando a Gestão da Educação Ambiental nas escolas e sugere a metodologia de Projetos de Trabalho para a formação dos professores que atuam nessa área.

Link para download: Odete Locatelli

ROSSETTI, Adroaldo Guimarães. Um Modelo Conceitual de Gestão do Conhecimento para Unidades Organizacionais de Pesquisa Agropecuária Sob a Ótica da Interdisciplinaridade. Tese, 2009.

Os problemas que a pesquisa agropecuária busca resolver envolvem a complexidade inerente aos sistemas vivos e suas múltiplas relações intrínsecas e não podem ter solução por abordagens únicas. Resolve-los de forma sustentável requer captar, para a instituição, os conhecimentos implícito, tácito e não científico dos diversos segmentos usuários de resultados da pesquisa e usá-los interdisciplinarmente. Este trabalho objetivou propor um modelo de gestão do conhecimento para Unidades organizacionais de pesquisa agropecuária sob a ótica da interdisciplinaridade e interação de conhecimentos focado no projeto de pesquisa. Propôs-se, inicialmente, um modelo preliminar baseado em literatura de gestão do conhecimento, modelos e sistemas de gestão do conhecimento e instituições de pesquisa agropecuária. Para consolidá-lo, realizou-se uma pesquisa – levantamento por amostragem junto a 589 pesquisadores e gestores da Embrapa, equivalente a 25,75% do públicoalvo. O questionário enviado continha as doze premissas (hipóteses) do modelo proposto e lhes possibilitava compará-las com o modelo de gestão vigente na Unidade de pesquisa, atribuindo notas de um a dez a cada hipótese. O modelo proposto teve aprovação significativa de todos os grupos de respondentes, em relação ao modelo vigente, indicando a necessidade de substituir o atual modelo de gestão por outro, condizente com a realidade que envolve a pesquisa agropecuária e da pesquisa interdisciplinar para solucionar problemas complexos. Pesquisadores, líderes de projeto ou não aprovaram significativamente as doze hipóteses para o modelo proposto. Os maiores escores foram atribuídos pelos difusores de tecnologia e pelos chefes adjuntos pesquisadores e os menores, pelos chefes gerais e chefes adjuntos não pesquisadores. Sete das doze hipóteses tiveram aprovação significativa de todos os grupos de respondentes. As demais cada grupo classificou, em ordem de importância, um conjunto delas. A estrutura organizacional apresentada foi considera melhor que a vigente para a pesquisa interdisciplinar. Considera-se que os projetos de pesquisa interdisciplinares são o futuro da pesquisa agropecuária, mas o individualismo, estimulado pelo sistema de avaliação de desempenho, é um obstáculo à colaboração.

Link para download: Adroaldo Rossetti

THIESEN, Juares. Método para a Construção e Análise de Cenários Prospectivos em Planejamento Educacional Baseado na Gestão do Conhecimento. Tese, 2009.

A Tese tem por objetivo desenvolver um método para a construção e análise de cenários prospectivos em planejamento educacional baseado na Gestão do Conhecimento. O estudo tem um caráter qualitativo, com abordagem interdisciplinar e foi desenvolvido em três etapas essenciais: a revisão de literatura, a elaboração do método e a verificação de sua consistência. Na revisão da literatura faz-se o aprofundamento das abordagens teóricas sobre estudos prospectivos considerando-se a educação como centralidade e a inserção dessa metodologia no Brasil e em Santa Catarina. O método de construção e análise de cenários para aplicação em planejamento educacional é composto por três matrizes. Uma Matriz de Referência que contém o mapeamento das metodologias de construção e análise de cenários prospectivos disponibilizados na literatura; uma Matriz Orientadora, que identifica os aspectos comuns de proposição dos autores no que se refere às etapas para a construção de cenários prospectivos e uma Matriz de Convergência que contém a estruturação final do método proposto para aplicação em planejamento educacional. A verificação dos aspectos de consistência do método é feita por intermédio da aplicação do Método Delphi a um grupo de especialistas pesquisadores na área de prospecção de cenários e um grupo de gestores que coordenam a Educação Pública em Santa Catarina. A aplicação do Método Delphi revela aceitação do método em todas as suas dimensões. O trabalho de pesquisa, no seu todo, confirma três importantes pressupostos: que os estudos prospectivos possuem, nos seus fundamentos e na sua formulação, estreita relação com as práticas de Gestão do Conhecimento; que a metodologia de construção e análise de cenários prospectivos é uma ferramenta adequada para orientar a elaboração de planejamentos na área da educação e que essa metodologia, quando adotada para elaboração de planejamentos educacionais precisa ser adaptada às suas características e especificidades – daí a necessidade de formulação de um modelo. A Tese revela a importância da adoção da metodologia de construção e análise de cenários no âmbito educacional e como as práticas da Gestão do Conhecimento podem auxiliar na sua formulação.

Link para download: Juares da Silva hiesen

GONÇALVES, Marise Matos. Brinquedoteca virtual escolar – possível aproximação da criança ao brincar e à aprendizagem. Dissertação, 2009.

Os ambientes virtuais de aprendizagem estão cada vez mais adentrando nos espaços escolares e sendo inseridos na prática docente. Outra prática que está se tornando comum nas escolas é a criação de brinquedotecas (espaço onde o brincar e ou aprender estão intimamente ligados). Todavia, muitas das pesquisas realizadas com a educação em ambientes lúdicos e tecnológicos não têm associado o uso da brinquedoteca no espaço virtual. Por essa razão essa pesquisa procurou validar uma brinquedoteca virtual que possa contribuir no processo ensinoaprendizagem mediada por tecnologia no ensino fundamental. A fim de responder a essa questão, foi elaborado um protótipo de brinquedoteca virtual e aplicado em turmas de 1ª a 9ª série da Escola Básica Municipal Luiz Cândido da Luz em Florianópolis-SC. A presente Dissertação de Mestrado validou a aplicabilidade da brinquedoteca virtual como uma ferramenta educacional.

Link para download: Marise Goncalves

RAUNTEBRG, Sandro. Modelo de Conhecimento para Mapeamento de Instrumentos da Gestão do Conhecimento e de Agentes Computacionais da Engenharia do Conhecimento Baseado em Ontologias. Tese, 2009.

Esta tese tem como base a visão interdisciplinar da práxis das áreas Engenharia do Conhecimento e Gestão do Conhecimento. Para apoiar a Gestão do Conhecimento em seus processos de criação, organização, formalização, compartilhamento, aplicação e refinamento de conhecimento, a Engenharia do Conhecimento desenvolve modelos, utilizando sistemicamente métodos, técnicas e ferramentas. Uma análise da literatura dessas áreas revelou um desconhecimento dos construtos utilizados em pesquisas e desenvolvimentos interdisciplinares e a necessidade de um modelo de conhecimento da convergência de construtos inerentes. Assim, este trabalho teve como objetivo propor um modelo de conhecimento baseado em ontologias para mapear a utilização de Agentes Computacionais da Engenharia do Conhecimento em Instrumentos da Gestão do Conhecimento. Utilizando elementos da Engenharia de Ontologias, o modelo foi desenvolvido e teve sua viabilidade técnica comprovada em dois cenários, confirmando sua capacidade para: (a) organizar, formalizar e compartilhar conhecimento já estabelecido; e (b) criar conhecimento novo, não estabelecido academicamente, para ser aplicado e/ou refinado. O modelo também foi verificado por nove especialistas de domínio das áreas inerentes, os quais apontaram como resultados: (i) um conjunto de questões que norteiam o entendimento de objetos de investigação em aplicações e pesquisas interdisciplinares da Engenharia e Gestão do Conhecimento; (ii) a explicitação de parte de um modelo de conhecimento no domínio da Engenharia do Conhecimento a ser utilizado no projeto de seus Agentes Computacionais; (iii) a explicitação de parte de um modelo de conhecimento no domínio da Gestão do Conhecimento a ser utilizado na implantação de seus Instrumentos; (iv) uma forma de integração do conhecimento inerente ao projeto de Agentes Computacionais da Engenharia do Conhecimento como soluções tecnológicas mais aderentes aos Instrumentos da Gestão do Conhecimento; e (v) alguns insumos à prospecção de um ambiente aberto para publicação, compartilhamento e exploração do conhecimento interdisciplinar.

Link para download: Sandro Rauntebrg

SALLES, Bertholdo. Desenvolvimento de uma base de conhecimento de casos clínicos de pacientes portadores de Desordem Temporomandibular, como forma de organização do conhecimento e auxílio no diagnóstico.Tese, 2009

Este trabalho apresenta uma proposta de organização interativa e colaborativa do conhecimento sobre Desordens Temporomandibular para utilização em um portal científico na área odontológica. Pretende-se com a organização do conhecimento sobre Desordens Temporomandibulares agilizar a recuperação de dados, adquirir o conhecimento para a adaptação a novos casos e oferecer um instrumento de apoio aos acadêmicos e profissionais da área odontológica. A pesquisa utiliza uma técnica de abordagem descritiva qualitativa e exploratória, que inclui revisão da literatura, coleta de imagens de diagnóstico e procedimentos que visam explicitar e aplicar o processo de organização do conhecimento em um banco de dados, para propiciar a conexão entre sinais e sintomas de Desordens Temporomandibulares (DTMs) com a imagem da patologia correspondente. Desta forma, criar um mecanismo interativo e colaborativo que possibilita uma aproximação facilitada entre os conhecimentos técnicos-científicos-acadêmicos com a área de atuação profissional.

Link para download: Bertholdo Salles

FERNANDES, Luciano Lazzaris. Gestão do conhecimento em projetos de extensão universitária direcionados às pessoas com deficiência. Tese, 2009

A presente pesquisa teve como objetivo geral analisar os processos de integração, aquisição e disseminação do conhecimento entre os serviços extensionistas da UFSC direcionados às pessoas com deficiência, bem como propor diretrizes para auxiliar esses processos. O caminho metodológico se fundamentou na pesquisa qualitativa exploratória. A população foi constituída por coordenadores de extensão e diretores do departamento ligados à extensão da UFSC. Os dados foram obtidos através de entrevistas semi-estruturadas. Para analisar as entrevistas foi utilizado o software ATLAS TI. Esta pesquisa evidenciou que os projetos trabalham isoladamente, em guetos; existe a preocupação da equipe gestora na produção e disseminação do conhecimento colaborativo; a extensão ao mesmo tempo em que possibilita vivências concretas de aprendizagem, garante o retorno para a academia das necessidades da comunidade bem como de novos conhecimentos formando, nesse processo, uma espiral do conhecimento; os projetos direcionados às pessoas com deficiência podem ser comparados aos sistemas adaptativos complexos; há interesse de todos os coordenadores em participar de grupos para desenvolver ações e políticas inclusivistas na UFSC. Além dessas evidências, a pesquisa detectou um descaso das instituições públicas de ensino superior quanto ao Decreto 5296 de 02/12/04, no que tange a acessibilidade às páginas iniciais da web. Outra constatação foi para as home page das Pró-Reitorias ligada a extensão dessas instituições, onde não encontrou-se nenhum link para os projetos, nem informações mais detalhadas sobre os mesmos. Concluímos o estudo propondo que seja criado dois instrumentos: um núcleo de estudo e um portal web que possam dar conta de todos os aspectos detectados na pesquisa.

Link para download: Luciano Lazzaris Fernandes