Home » Gestão do Conhecimento » GIUGLIANI, Eduardo. Modelo de Governança para Parques Científicos e Tecnológicos no Brasil. Tese. 2011.

GIUGLIANI, Eduardo. Modelo de Governança para Parques Científicos e Tecnológicos no Brasil. Tese. 2011.

O processo de absoluta ruptura enfrentado pela sociedade do conhecimento, baseada em elementos intangíveis, assim como pela globalidade e pelo potencial dos relacionamentos, tem induzido o mundo a novos caminhos e à evolução das organizações ao largo de suas experiências anteriores, visto serem estas em muitos aspectos inexistentes sob o foco das demandas atuais. Os Parques Tecnológicos, vetores mundialmente reconhecidos do desenvolvimento baseado em conhecimento e inovação, dentro da conjuntura econômica contemporânea, têm recebido especial atenção como um tipo de entidade organizacional diferenciada e relevante. Membros de uma cadeia de elementos voltados para capacitar um país ao desenvolvimento, os Parques Tecnológicos, assim como os Sistemas de Inovação, os Sistemas Produtivos Locais e os Arranjos Produtivos Locais, passam a ter seu modelo estrutural aprimorado, seus conceitos revistos, seus atores caracterizados, sua taxonomia definida e uma nova forma de relacionamento, interno e externo. Esta pesquisa projeta o conceito da Governança Corporativa (GC) sobre a estrutura organizacional de um Parque Tecnológico no Brasil, dentro do domínio de ciência, tecnologia e inovação, caracterizando-o como Parque Científico e Tecnológico (PCT), e busca, desse modo, definir a GC para este contexto, avaliá-la em sua origem, caracterizá-la e oferecer a proposição de um Modelo de Governança para Parques Científicos e Tecnológicos no Brasil, baseado em Campos de Análise da Governança aplicados ao ambiente brasileiro dos PCTs. Para esta finalidade, constituiu-se uma amostra com vistas à verificação do modelo proposto, a partir da elaboração de instrumentos metodológicos adequados a uma pesquisa de natureza aplicada e exploratória. Os resultados alcançados sugerem a aderência do modelo proposto aos princípios da GC, ampliando a base de análise desta às especificidades dos PCTs. Da mesma forma oferece um arcabouço organizacional com efetivas possibilidades de convergência aos conceitos e mecanismos da governança, permitindo a incorporação das reconhecidas boas práticas da governança aos processos organizacionais dos PCTs no Brasil.

Link para download: Eduardo_Giugliani

Posted in Gestão do Conhecimento, Tese and tagged as , , , ,