porno
beşiktaş escort mecidiyeköy escort aksaray escort bahçeşehir escort
Home » Sem categoria » KOERICH, Guilherme Henrique. Conhecimento da Marca Gastronômica de Florianópolis na Mídia Turística com a Chancela UNESCO de Cidade Criativa. Dissertação, 2020.

KOERICH, Guilherme Henrique. Conhecimento da Marca Gastronômica de Florianópolis na Mídia Turística com a Chancela UNESCO de Cidade Criativa. Dissertação, 2020.

Nesta dissertação, apresenta-se um estudo sobre as ações de habilitação, gestão e, principalmente, comunicação da marca gastronômica de Florianópolis que, a partir do mês de dezembro de 2014, passou a integrar a rede de cidades criativas da UNESCO (UCCN), na área de gastronomia. Há outras localidades na rede internacional, ocupando diferentes campos criativos. Porém, a habilitação em gastronomia foi requerida por representantes de Florianópolis, sob a coordenação da organização não governamental (ONG) FloripAmanhã, e demais membros do grupo gestor composto por entidades públicas e privadas, academia e sociedade civil. Assim a pesquisa tem como objetivo geral avaliar a comunicação online da marca gastronômica Florianópolis, cidade criativa chancelada pela UNESCO, como recurso de disseminação do conhecimento na gestão de Turismo. Diante disso, foram realizadas pesquisas descritivo-qualitativas sobre o processo de habilitação de Florianópolis na rede UNESCO de cidades criativas, e decorrentes ações de gestão e comunicação de sua marca gastronômica junto aos públicos interno e externo ao setor gastronômico local. O desenvolvimento da pesquisa envolveu as seguintes fases: (1) estudo preliminar, com buscas documentais em websites: da rede de cidades criativas da UNESCO, ONG FloripAmanhã e entidades do turismo, com a descrição dos documentos selecionados; (2) teórico-bibliográfica, para a composição do referencial teórico, com revisões sistemáticas da literatura; (3) netnografia, para identificar comunidades online que veiculam anúncios, notícias e informações na mídia digital, como recursos de comunicação e disseminação do conhecimento gastronômico de Florianópolis, com a realização de mineração de dados, e clusterização dos dados da base documental disponível online; (4) estudo de campo, com aplicação de questionários online e entrevistas semiestruturadas em profundidade. Houve ainda a descrição e a interpretação do material selecionado na pesquisa. Para a discussão e a proposição de resultados e sugestões, foi pontuado a necessidade de criação, organização e distribuição do conhecimento pertinente à marca gastronômica para composição continuada de um repositório único, dinâmico e interativo de informações, com vistas à socialização do conhecimento acerca da cultura gastronômica. A partir do efetivo compartilhamento interno de informações, é possível propor estratégias e ações de conhecimento e desenvolvimento da identidade de marca gastronômica. Uma vez que havendo a integração identitária do público interno, deve-se considerar estratégias e ações abrangentes de comunicação da marca ao público externo, visando a composição positiva de imagens mentais e da reputação da marca gastronômica de Florianópolis. Todavia, foi observado que, até o momento, é incipiente a participação de setores e instituições locais parceiras da organização FloripAmanhã. Há ainda dificuldades básicas de comunicação e interação entre os parceiros, sendo igualmente irrisória a comunicação mercadológica sobre a chancela UNESCO à marca local. Isso dificulta o desenvolvimento da marca gastronômica de Florianópolis que, como todas as marcas, depende de positiva interação de parceiros, efetiva definição interna da identidade e disseminação do conhecimento da marca, com ampla comunicação pública de seus sinais e atributos. Por fim, na discussão dos resultados da pesquisa foram abordados aspectos relacionados com a relevância do efetivo conhecimento da marca gastronômica, bem como foi apresentado um diagnóstico situacional da comunicação da chancela e a indicação do turismo criativo gastronômico como uma estratégia de consolidação da marca com seu público.

Palavras-chave: Gastronomia. Marca Gastronômica. Endosso de Marca. Turismo Criativo.

Link para download: Guilherme Henrique Koerich.

Posted in Sem categoria