porno
beşiktaş escort mecidiyeköy escort aksaray escort bahçeşehir escort
Home » Sem categoria » FIGUEIREDO, Yohani Dominik dos Santos. Regeneração Urbana à luz da Inovação Social: um estudo de caso no Distrito Criativo de Porto Alegre. Dissertação, 2020.

FIGUEIREDO, Yohani Dominik dos Santos. Regeneração Urbana à luz da Inovação Social: um estudo de caso no Distrito Criativo de Porto Alegre. Dissertação, 2020.

A perspectiva é que quase 70% da população mundial estarão morando em áreas urbanas até 2050. Essa expectativa parece cada vez mais dar razão para debates a respeito de questões urbanas. A entrada demasiada da população em áreas urbanas gera o acesso desigual à infraestrutura básica criando espaços heterogêneos no tecido urbano, que, por sua vez, perdem seu valor, já que perdem a capacidade de atrair o interesse de setores privados a realizarem seus investimentos em melhoramentos urbanos. Problemas que aparecem em destaque são o desemprego e o subemprego, que fomentam as desigualdades sociais. Outro fator negativo a citar é o inchaço das grandes cidades, que na ausência de um planejamento urbano, é acometida pelo superpovoamento de bairros pobres, moradias em locais sem estrutura e o aumento de favelas. Nesse sentido, faz-se necessário pensar em alternativas possíveis para promover, perpassar e alcançar uma transformação urbana de maneira positiva para a comunidade. Neste cenário, a Regeneração Urbana (RU) torna-se um importante viabilizador para alcance de tais desdobramentos, possibilitando a diminuição de problemas sociais, ambientais e econômicos, indo de encontro a uma cidade sustentável. Logo, a inserção da Inovação Social (IS) em práticas de RU possibilita uma abordagem diferenciada a fim de alcançar uma mudança sócio-espacial direcionada ao desenvolvimento, já que tem uma série de características que visam atendem as necessidades humanas e alcançar qualidade de vida e empoderamento. Tendo isso em vista, o objetivo da pesquisa é propor um modelo conceitual de regeneração urbana à luz de características da inovação social. Para isso, realizou-se uma pesquisa qualitativa por meio de um estudo de caso no Distrito Criativo de Porto Alegre – RS. Como resultados, considera-se que as características da inovação social que podem contribuir para regeneração urbana são: redes, relações sociais, colaboração, coesão social, sustentabilidade, escalabilidade e gestão, que proporcionam atendimento das necessidades humanas, gerando qualidade de vida e empoderamento. Quanto as contribuições da pesquisa, ela amplifica conhecimentos acadêmicos, visto que propõe um modelo conceitual de regeneração urbana à luz de características da inovação social e contribui também com estudos que associam RU e IS. Além das contribuições acadêmicas, a pesquisa contribui para a sociedade, possibilitando que gestores urbanos façam uso da pesquisa para melhor gestão do desenvolvimento territorial.

Palavras-chave: Regeneração Urbana. Inovação Social. Distrito Criativo – Porto Alegre.

Link para download: Yohani Dominik dos Santos Figueiredo.

Posted in Sem categoria