Home » Sem categoria » SABINO, Mileide Marlete Ferreira Leal. Diretrizes Estratégicas para o Compartilhamento do Conhecimento Tradicional Visando à Sustentabilidade Cultural: Um Estudo de Caso do Projeto Ilha Rendada. Tese, 2019.

SABINO, Mileide Marlete Ferreira Leal. Diretrizes Estratégicas para o Compartilhamento do Conhecimento Tradicional Visando à Sustentabilidade Cultural: Um Estudo de Caso do Projeto Ilha Rendada. Tese, 2019.

O Conhecimento Tradicional (CT) faz referência ao conhecimento mais antigo, foi por meio desse conhecimento que se construiu princípios, conceitos, teorias, leis, regras e experiências práticas, pois se trata do produto intelectual de gerações passadas, sendo aprendido por meio de observações e transmitido oralmente. Como conhecimento antigo e predominantemente tácito este é pessoal e, por vezes, enraizado nas ações e nas experiências, como: ideias, crenças, valores, emoções incorporadas e modos de viver, tão  difíceis de formalizar, tornando o compartilhamento para as gerações seguintes um desafio, o que pode acarretar na perda da cultura intrinsecamente incorporada. Nesse contexto, insere-se a Renda de Bilro, das rendeiras da Ilha de Santa Catarina, como estudo de caso desta pesquisa cuja sustentabilidade cultural encontra-se comprometida devido às limitações de compartilhamento desse conhecimento, por vezes, intangíveis. Sob tal perspectiva, nesta tese, tem-se como objetivo propor diretrizes para o compartilhamento do conhecimento tradicional visando à sustentabilidade cultural. Para atender a esse desafio foram delimitados os procedimentos metodológicos desta tese, a partir de sua natureza, como teórico-aplicada, com abordagem qualitativa, desenvolvida segundo uma visão de mundo interpretativista, com aporte da pesquisa bibliográfica, etnográfica e descritiva, por meio da observação participante. Como resultados alcançados da presente tese salienta-se a definição de diretrizes estratégicas para o compartilhamento do conhecimento tradicional, visando à sustentabilidade cultural, contribuindo, assim, de forma específica, como meio para a formalização de métodos e de técnicas de sistematização do conhecimento das rendeiras de bilro da Ilha de Santa Catarina e, de forma geral, na aplicação dessas diretrizes para outras comunidades, que geram saberes e fazeres tradicionais, incorporando a “cultura” como um dos pilares a serem considerados nos estudos sobre “sustentabilidade”.

Palavras-chave: Gestão do Conhecimento. Conhecimento Tradicional. Sustentabilidade Cultural.

Link para download: Mileide Marlete Ferreira Leal Sabino.

Posted in Sem categoria