Home » Dissertação » OTOWICZ, Marcelo Henrique. CAPACIDADE ABSORTIVA E DESEMPENHO INOVADOR EM PEQUENAS EMPRESAS DA GRANDE FLORIANÓPOLIS. Dissertação, 2018.

OTOWICZ, Marcelo Henrique. CAPACIDADE ABSORTIVA E DESEMPENHO INOVADOR EM PEQUENAS EMPRESAS DA GRANDE FLORIANÓPOLIS. Dissertação, 2018.

Em um mercado cada vez mais competitivo e globalizado, a inovação é uma necessidade inerente para a sobrevivência das empresas. E, para a efetivação de resultados inovadores, o insumo conhecimento é tido como vital. Então, a capacidade de absorver novos conhecimentos, ou a capacidade absortiva (CA), pode representar o potencial de sucesso de uma empresa. No contexto das pequenas empresas, que exibem importante representatividade econômica no Brasil, contínuos desafios tornam essa realidade ainda mais complexa. Dessa forma, a inovação ganha ainda mais evidência como ferramenta competitiva dos pequenos negócios. Apoiado nessa conjuntura, o objetivo deste trabalho é verificar e analisar a relação entre capacidade absortiva e desempenho inovador em pequenas empresas da Grande Florianópolis, considerando a perspectiva de Agentes Locais de Inovação (ALI). Para o cumprimento deste propósito, desenvolveu-se pesquisa com abordagem quali-quantitativa tanto na coleta como na análise dos dados, que foram coletados através de questionário aplicado junto aos Agentes Locais de Inovação para a capacidade absortiva, bem como os dados do desempenho inovador foram obtidos junto ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), sendo embasados na ferramenta Radar da Inovação e em apontamentos dos mesmos ALI. Como principais resultados da pesquisa, verificou-se que a intensidade da capacidade absortiva mensurada revela potencial apenas moderado para as pequenas empresas da Grande Florianópolis, indicando oportunidades para melhor aproveitar esta habilidade. Em relação ao desempenho inovador, grande parte dos resultados indicam empresas conservadoras ou inovadoras eventuais, o que aponta que falta sistematização das práticas voltadas à inovação. Por meio da análise da correlação entre as medidas da CA com as do desempenho inovador, identificou-se que, de modo geral, maiores valores de CA acompanham maiores valores para a inovação. Além disso, a dimensão macro Processos do Radar da Inovação foi a que apresentou maiores coeficientes de correlação com as variáveis da CA nas análises realizadas, bem como o setor de serviços foi o que revelou melhores associações entre capacidade absortiva e desempenho inovador.

Link para download: Marcelo Henrique Otowicz

Posted in Dissertação, Engenharia do Conhecimento and tagged as , , , , ,