Home » Dissertação » CANCELIER, Marilena Marangoni de Lorenzi. CONTRIBUIÇÕES DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DE PESSOAS PARA PROMOÇÃO DA IGUALDADE DE GÊNERO: Conciliando a vida profissional e pessoal. Dissertação, 2017.

CANCELIER, Marilena Marangoni de Lorenzi. CONTRIBUIÇÕES DAS PRÁTICAS DE GESTÃO DE PESSOAS PARA PROMOÇÃO DA IGUALDADE DE GÊNERO: Conciliando a vida profissional e pessoal. Dissertação, 2017.

Mesmo com o crescente avanço tecnológico, com a importância e com a disseminação do uso de tecnologias para o desenvolvimento econômico mundial, são as pessoas os responsáveis imprescindíveis por criar, gerir e disseminar o principal fator de produção da economia atual: o conhecimento. Através da gestão de pessoas, a organização pode alinhar as expectativas e as necessidades dos indivíduos com as demandas exigidas pelo mercado em que está inserida, a fim de gerenciar o principal ativo gerador de valor, o capital humano. Contudo, a própria evolução humana atribui aos indivíduos novos papéis, sejam eles relacionados ao trabalho ou à vida pessoal, e promove mudanças sociais e comportamentais. A crescente participação das mulheres no mercado de trabalho é uma destas mudanças que impacta diretamente a necessidade de conciliação dos papéis profissionais e pessoais, colocando ainda em evidência a busca pela igualdade de oportunidade entre os gêneros. Neste contexto, as organizações, ao considerarem a relevância das pessoas no âmbito organizacional, tomam para si o papel de promotoras perante as demandas sociais, incluindo os movimentos que buscam a igualdade de gênero. Assim, esta pesquisa tem como objetivo verificar as contribuições das práticas de gestão de pessoas para a promoção da igualdade de gênero no que se refere à conciliação entre a vida profissional e pessoal. Para alcance do objetivo, definiu-se como metodologia construir o arcabouço teórico partindo de dados secundários obtidos na revisão sistemática da literatura e na pesquisa bibliográfica que resultou na revisão bibliográfica. Visando ao enriquecimento da pesquisa, foi realizada a coleta de dados empíricos, através do estudo de caso na empresa Imaginarium Comércio de Presentes e Decorações S/A. A estratégia utilizada para coletar os dados foi a pesquisa quantitativa, através do instrumento questionário enviado aos(as) colaboradores(as) da empresa. Também se trabalhou com a pesquisa qualitativa através da pesquisa documental e da entrevista semiestruturada realizada com o gestor de pessoas. Assim, a referida pesquisa caracteriza-se como exploratória, descritiva e aplicada. Como resultados, foi possível aferir que há consenso na literatura de que a busca pela conciliação dos papéis profissionais e pessoais é necessária diante do mercado atual de trabalho. Os estudos demonstram ainda que a realidade dessa desigualdade entre os referenciados papéis tem afetado em maior escala as mulheres. Também é identificado o consenso quanto à relevância da igualdade de gêneros no ambiente organizacional e
quanto à atuação da gestão de pessoas como promotora das práticas. Já a análise comparativa às informações do estudo de caso revela que, apesar da cultura organizacional considerar importante a conciliação entre os papéis profissionais e pessoais e promover a flexibilidade para atender as demandas dos indivíduos, ainda há distanciamento entre a cultura apresentada pela empresa e a percepção dos seus/suas colaboradores (as). A ausência de práticas formais por parte da empresa, a inclusão da igualdade de oportunidade entre os gêneros nas medidas adotadas e a crescente demanda, principalmente das mulheres, por práticas que promovam a conciliação da vida profissional e pessoal compõem o principal resultado desta pesquisa.

Link para download: Marilena Marangoni de Lorenzi Cancelier

Posted in Dissertação, Gestão do Conhecimento and tagged as , ,