Home » Mídia e Conhecimento » NUNES, Cristina Colombo. CONHECIMENTO DA CIDADE: MODELO DE QUALIFICAÇÃO DA IMAGEM DA MARCA DO LUGAR URBANO. Tese, 2017.

NUNES, Cristina Colombo. CONHECIMENTO DA CIDADE: MODELO DE QUALIFICAÇÃO DA IMAGEM DA MARCA DO LUGAR URBANO. Tese, 2017.

O contexto teórico-prático deste estudo é a área de Engenharia e Gestão
do Conhecimento, considerando-se especialmente a aplicação dos
recursos de Mídia e Conhecimento em Gestão do Conhecimento no
sistema urbanístico. Juntamente com os autores pesquisados, observouse
que, além de suportar atividades diversas, a estrutura física dos
lugares urbanos, também, atua e é percebida como mídia, de acordo com
os modos de ocupação da cidade. Sendo significativamente informados
por seus ocupantes, os lugares urbanos também informam estética e
simbolicamente uma imagem de marca aos observadores, sejam esses
habitantes ou visitantes da cidade. Imagem do “lugar urbano” é,
portanto, o objeto deste estudo, considerando-se o conjunto socialmente
ativo de ocupantes e os arranjos urbanístico-paisagísticos, cuja
percepção resulta em uma identificação afetivo-simbólica por parte de
moradores e frequentadores. A tese que orientou este estudo considera
que: ao expressar os atributos de sua identidade, as características físicas
e as atividades do lugar urbano também comunicam uma imagem de
marca associada às lembranças de ideias e sentimentos específicos. A
partir disso, o objetivo deste estudo foi a proposição de um modelo, com
elementos e critérios, para o conhecimento da identidade e da imagem
da marca do lugar urbano. Isso implica na identificação e na
categorização dos atributos funcionais e estético-simbólicos que,
popularmente, foram atribuídos ao lugar. Além da busca por
informações técnicas e publicitárias, no modelo, propõe-se ainda a
interação com representantes da comunidade local e a configuração de
gráficos do sistema de ocupação e frequência do lugar urbano. Com
isso, busca-se oferecer aos gestores urbanos um recurso de coleta,
organização e interpretação de informações úteis ao planejamento e ao
desenvolvimento da gestão de localidades, regiões e cidades. Isso é
baseado no conhecimento das características socioculturais e no
potencial humano, produtivo e turístico de cada lugar que,
popularmente, é destacado no conjunto patrimonial da cidade.
Conhecendo-se a imagem da marca do lugar é possível considerar suas
características tangíveis e intangíveis, como recursos potencialmente
valiosos para a gestão urbanística sobre aspectos humanos, sociais,
produtivos, culturais e turísticos.

Link para download: Cristina Colombo Nunes

Posted in Mídia e Conhecimento, Tese and tagged as , ,