Home » Gestão do Conhecimento » MINATTI-FERREIRA, Denize Demarche. Gestão e Uso da Água na Suinocultura: Um Diagnóstico a partir da Comparação de Pegadas Hídricas. Tese, 2011.

MINATTI-FERREIRA, Denize Demarche. Gestão e Uso da Água na Suinocultura: Um Diagnóstico a partir da Comparação de Pegadas Hídricas. Tese, 2011.

O atual modelo de civilização é baseado num modo de produção e de consumo desenfreados que se reflete em exploração excessiva do meio ambiente. A emergência de proteção ao meio natural trouxe uma crescente preocupação com a necessidade de consolidar um processo de gestão sobre o uso e aproveitamento racional dos recursos naturais. A conservação dos recursos hídricos constitui um desafio para a sociedade, pois a questão da qualidade e disponibilidade da água agrava-se a cada dia. Especialmente no caso de Santa Catarina, os resíduos industriais, os dejetos provenientes da criação de animais e a contaminação pelos agrotóxicos e defensivos utilizados na lavoura comprometem a qualidade dos mananciais. Em relação à suinocultura, o estado é o principal produtor em número de abates, o que exige grande demanda de água, logo, necessidade de manutenção do recurso, especificamente nas regiões de maior concentração de animais. Diante disso, há que se avaliar a perspectiva da suinocultura catarinense, frente ao contexto atual da produção, quando se leva em conta a questão ambiental, observando-se de modo abrangente as diferentes dimensões do problema. A presente tese analisa o processo de gestão e uso da água na referida atividade, sob a ótica da gestão do conhecimento dos envolvidos no processo (suinocultores e indústria), principalmente na região Oeste do estado. O objetivo principal é fazer uma análise dos conhecimentos e das práticas de preservação da água pelos atores envolvidos no processo, considerando-se conhecimentos tácitos e explícitos. As práticas de gestão e uso da água foram analisadas a partir da aplicação de dois instrumentos de investigação em forma de questionários com perguntas abertas e fechadas, ambos abarcando a questão ambiental e o modo da criação de suínos, praticado. O instrumento de investigação direcionado à indústria buscou também investigar se as empresas têm atividades formais ou institucionalizadas de gestão do conhecimento. Os instrumentos de investigação foram aplicados em quatro (4) indústrias e em nove (9) produtores de suínos. De posse da análise das respostas, aplicou-se o Modelo da Pegada Hídrica, ferramenta que estima o uso de água na atividade. A conclusão apresenta estratégias para disseminação e aproveitamento de conhecimentos que poderão nortear uma proposta para um redirecionamento nas formas atuais de produção. A gestão do conhecimento da sustentabilidade permeará a construção de um panorama atual, que poderá contribuir para uma melhor gestão do recurso água, na região onde há maior concentração de suinocultores.

Link para Download: Denize Demarche Minatti Ferreira

Posted in Gestão do Conhecimento, Tese and tagged as , , ,