Home » Dissertação » STADNICK, Simone. Um Modelo de Conhecimento Para Uso de Balanço Hídrico Superficial no Apoio à Gestão de Recursos Hídricos. Dissertação, 2011.

STADNICK, Simone. Um Modelo de Conhecimento Para Uso de Balanço Hídrico Superficial no Apoio à Gestão de Recursos Hídricos. Dissertação, 2011.

Esta dissertação trata da representação do conhecimento do especialista em gestão de recursos hídricos ao utilizar os resultados de balanços hídricos superficiais na tomada de decisões e no planejamento do uso deste recurso natural. No Brasil, a Política Nacional de Recursos Hídricos determina que o poder público seja responsável pela gestão dos recursos hídricos, a fim de garantir o uso múltiplo das águas e assegurar, em momentos críticos, o atendimento ao abastecimento humano e à dessedentação animal, considerados prioritários. A utilização de um balanço hídrico superficial na gestão de recursos hídricos é uma tarefa intensiva em conhecimento porque requer que o especialista compreenda as decisões a serem tomadas e atue em prol da solução de problemas e da resolução de conflitos mediante as diferentes variáveis e indicadores que caracterizam a realidade de uma bacia hidrográfica. Por esta razão, no âmbito deste trabalho, o conhecimento é entendido como o fator que determina o aproveitamento e a aplicação de informações no intuito de alcançar objetivos definidos. E, de acordo com Schreiber et al. (2002), a Engenharia do Conhecimento é a disciplina que provê métodos para obter um minucioso entendimento das estruturas e processos usados por profissionais que usam o conhecimento de forma intensiva. O modelo do conhecimento alvo deste estudo foi construído através das técnicas e linguagens formais particulares às ontologias. Nos termos da Engenharia do Conhecimento, as ontologias são modelos que representam um domínio de interesse expressos em um formato computacional. Esta dissertação apresenta como resultado um modelo de conhecimento que conjuga uma ontologia de domínio do cálculo de um balanço hídrico superficial e uma ontologia de aplicação dos indicadores calculados por um balanço hídrico superficial no campo da gestão de recursos hídricos. A ontologia de domínio é a base conceitual para a representação de um balanço hídrico superficial. A valoração dos seus conceitos, a partir dos balanços hídricos superficiais calculados pelo sistema SADPLAN, ampara a construção da ontologia de aplicação que modela o conhecimento do uso de balanços hídricos superficiais no apoio à gestão de recursos hídricos.

Link para Download: Simone Stadnick

Posted in Dissertação, Engenharia do Conhecimento and tagged as , , ,