Home » Dissertação » REÁTEGUI ROJAS, Ruth María. Análise da Efetividade dos Sistemas de Memória Organizacional de Uma Instituição de Ensino Superior. Dissertação, 2011.

REÁTEGUI ROJAS, Ruth María. Análise da Efetividade dos Sistemas de Memória Organizacional de Uma Instituição de Ensino Superior. Dissertação, 2011.

As universidades, como organizações geradoras de conhecimento, utilizam sistemas de memória organizacional para coletar, acessar e manter seu conhecimento. A memória organizacional (MO) é de grande importância para preservar o conhecimento nas organizações. Apesar disso, há poucas investigações empíricas a respeito desse tema. Este trabalho teve como objetivo desenvolver um estudo sobre as percepções da efetividade dos sistemas de memória organizacional (SMO), baseados em computador, utilizados pelos professores de uma universidade para suas atividades acadêmicas, e pretende, assim, colaborar com o desenvolvimento empírico deste tema. A MO é o meio pelo qual o conhecimento do passado é usado nas atividades atuais. A MO pertence a toda organização, não só a um indivíduo. Os SMO são conjuntos de dispositivos de retenção de conhecimento, tais como pessoas e documentos, que coletam, armazenam e fornecem acesso à experiência organizacional. Os SMO, por definição, permitem o acesso aos conhecimentos experienciais dos indivíduos, de natureza sobretudo tácita, ao conjunto de membros de uma determinada organização. Dentre esses sistemas, os SMO baseados em computador são um tipo de MO com suporte tecnológico, os quais ajudam a explicitação do conhecimento. Os SMO podem ser caracterizados pelo seu conteúdo, ou seja, o tipo de conhecimento que são capazes de manter; estrutura, a forma como o conhecimento é organizado; os processos operativos, que são: a coleta, que se refere à filtragem de conteúdo incluído na memória organizacional; a manutenção, no sentido de que os sistemas de memória tendem a mudar à medida que são formalmente mantidos ou atualizados; e o acesso que pode ser feito através de pessoas ou das tecnologias baseadas em computador. Todas essas características permitem avaliar a efetividade dos SMO. Para esta pesquisa, foi feita uma revisão da literatura com o objetivo de obter um referencial teórico da MO, dos SMO e, especialmente, das características dos SMO que possam ser consideradas para avaliar a sua efetividade. Para conhecer a percepção da efetividade dos SMO baseados em computador, utilizados pelos professores da Escola de Ciências da Computação nas atividades acadêmicas dentro da Universidad Técnica Particular de Loja (UTPL), no Equador, foram realizadas entrevistas semiestruturadas, elaboradas a partir do framework de Olivera (2000a). Verificou-se que os repositórios de vídeos (Youtube), documentos (Slideshare), áudios, publicações, recursos educativos, OCW, Wiki, Blog são SMO baseados em computador utilizados pelos professores para apoio às suas atividades acadêmicas. Foi confirmado que os aspectos que os professores consideram para avaliar a efetividade dos SMO são semelhantes às características apresentadas no framework de Olivera (2000a). Outro aspecto de interesse é o suporte dos conteúdos para o processo de ensino-aprendizagem. Para os professores, o formato do conteúdo também é uma característica que pode afetar a efetividade dos SMO. Enfim, a falta de difusão, na organização, de um sistema e seu conteúdo prejudica a efetividade, especialmente porque pode gerar pobre usabilidade e falta de conteúdo.

Link para Download: Ruth Maria Reategui Rojas

Posted in Dissertação, Gestão do Conhecimento and tagged as , , ,