Home » Archive by category "Tese" (Page 5)

ERNANDORENA, Paulo Renato. A Mediação Emancipatória nas Audiências Públicas e a Gestão do Conhecimento. Tese, 2013.

Os conflitos socioambientais constituem uma realidade cada vez mais presente no cenário brasileiro. A Constituição Federal ao definir o meio ambiente como bem de uso comum do povo, consagra o monopólio do Poder Judiciário para a resolução destas contendas. Este contexto institucional, além de alimentar o fenômeno da judicialização da questão ambiental, não tem conseguido conter a escalada da degradação. A presente tese, instigada em saber por que a mediação não vem sendo utilizada, no Brasil, como meio alternativo de resolução dessas disputas, encontrou na pergunta “como são tratados os conflitos explicitados nas audiências públicas do processo participativo do Plano Diretor de Florianópolis” um recorte ajustado às exigências do método científico para avaliar a função que a mediação e a gestão do conhecimento podem desempenhar na resolução de conflitos socioambientais, e, a partir daí, investigar em que medida este modelo de autocomposição de controvérsias poderia atribuir à problemática urbano-ambiental uma dimensão política mais abrangente. O ponto de partida metodológico foi uma ampla revisão da bibliografia existente sobre o tema, à qual se seguiu exaustivo levantamento de dados oficiais disponíveis no Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (IPUF), culminando por entrevistar diversos atores sociais de destacada participação na gestão democrática da cidade. Sem embargo dos métodos auxiliares, a investigação assumiu a feição predominante de pesquisa qualitativa básica, porque procurou, além de descrever, interpretar e entender o fenômeno estudado. Animada pela busca de reconstruir e rearranjar o debate até o momento existente, a pesquisa mobilizou novos entendimentos que podem fundamentar epistemologicamente uma proposta normativa para o emprego da mediação no procedimento das audiências públicas, com apoio na gestão do conhecimento.

Link para Download: Paulo Renato Ernandorena

SILVEIRA, Roberto Martins da. Diretrizes para Implantação da Gestão do Conhecimento no Centro de Ensino da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina – CEPM. Tese, 2013.

Essa pesquisa tem por objetivos propor diretrizes para promoção da Gestão do Conhecimento numa Instituição de Ensino Público Policial Militar no Estado de Santa Catarina, localizada no bairro da Trindade, na cidade de Florianópolis, a partir da avaliação da equipe de gestores que coordenam as atividades de ensino, pesquisa, extensão e administração do referido Centro de Ensino. A partir da fundamentação da gestão do conhecimento, e de suas respectivas etapas de gestão, se constataram os principais problemas do referido Centro de Ensino da Polícia Militar no que diz respeito à implantação dos seus processos de gestão. Os resultados apresentados demonstraram: desconhecimento das práticas de gestão de conhecimento; pouco envolvimento dos dirigentes com práticas de gestão do conhecimento; fraco envolvimento do grupo de pesquisa nas ações de pesquisa em gestão do conhecimento; bem como, falta de explicitação na definição entre informações e conhecimentos, em vários de seus procedimentos operacionais. Os procedimentos metodológicos adotados tornaram possível caracterizar a compreensão dos processos de gestão do conhecimento pelos dirigentes do CEPM. Nas contribuições realizadas pelos entrevistados verificou-se que inexistem práticas de disseminação e de compartilhamento de conhecimentos, monitoramento dos tipos de conhecimentos produzidos nas diversas atividades de ensino, pesquisa e extensão pelos policiais militares. Concomitantemente, ainda persistem dificuldades em adotar práticas de controle da propriedade intelectual e de proteção do conhecimento resultantes das atividades realizadas no Centro de Ensino da Polícia Militar no Estado de Santa Catarina, a despeito das ações de capacitação em segurança pública em andamento com universidades públicas e privadas na região da grande Florianópolis, nas modalidades presenciais e a distância, bem como, de publicações de artigos em periódicos indexados. A proposição de diretrizes tornou-se um mecanismo de gestão que poderá ser utilizadas pelo Centro de Ensino da Polícia Militar no Estado de Santa Catarina para dar início a uma discussão relativa ao estabelecimento da Gestão do Conhecimento, com implicações nos campos: pedagógicos, didáticos, operacionais, gestão, ensino, pesquisa, extensão e administração.

Link para Download: Roberto Martins da Silveira

LINO, Sônia Regina Lamego. Diretrizes para a Institucionalização da Gestão do Conhecimento na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, Brasil. Tese, 2013.

A gestão do conhecimento – GC recentemente vem sendo implementada emorganizações públicas e privadas. O debate em torno desse tema ocorre de forma crescente, com estudos em vários países do mundo, natentativa de compreender e intervir na realidade organizacional por meiode uma nova proposta gerencial. As organizações públicas, especificamenteas de educação superior, apesar de tradicionais produtoras de conhecimento,iniciaram timidamente e tardiamente, em relação às organizações privadas,suas experiências na gestão do conhecimento, na perspectiva de gerir o seucapital intelectual para agregação de valor a organização. Assim, estudosiniciais têm sido realizados, atualmente, com foco nas IES. Nessa lacunade conhecimento se justifica o presente estudo, que tem por objetivoidentificar diretrizes para a institucionalização da gestão doconhecimento em Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, daRede Federal de Educação Profissional, do Brasil. Para tanto, se definiucomo objetivos específicos: 1) Identificar os modelos de gestão doconhecimento para Instituições de Ensino Superior; 2) Comparar estesmodelos quanto às etapas de processo de gestão do conhecimento; 3) Indicaretapas para o processo de gestão do conhecimento para um Instituto Federalde Educação, Ciência e Tecnologia; 4) Propor diretrizes para ainstitucionalização da gestão do conhecimento em Institutos Federais deEducação, Ciência e Tecnologia. A pesquisa possui um caráter qualitativo,mais investigativo, de cunho interpretativo, de natureza aplicada eexploratória. A base epistêmica da condução dessa pesquisa se alicerçapelo raciocínio dedutivo. Utilizou-se uma revisão sistemática daliteratura e a pesquisa bibliográfica em diferentes bases de dados, além deestudo de campo no IF-SC e entendimento de especialistas em GC na esferapública, por meio de entrevista estruturada, questionário aplicado etécnica DELPHI. Os resultados apontam para uma proposição de implementaçãoda gestão do conhecimento em Instituto Federais, sendo apresentadas emnúmero de seis diretrizes e representadas por meio de um framework.

Link para Download: Sônia Regina Lamego Lino

FERREIRA, Marcus Vinicius A. da Silva. Framework com as Contribuições da Convergência Digital Possibilitada pela Utilização das Tecnologias Interativas da TV Digital, Associadas ao Uso dos Dispositivos Móveis Digitais, para a Evolução do Modelo Brasileiro de Governo Eletrônico. Tese, 2013.

Esta pesquisa tem como foco a concepção de um framework com as contribuições da convergência digital possibilitada pelas tecnologias interativas da TV Digital, associadas ao uso dos dispositivos móveis digitais, para a evolução do modelo de governo eletrônico no Brasil. A pesquisa utiliza como referência a validação do pressuposto do papel viabilizador desta convergência digital funcionando como canal adicional de prestação de serviços eletrônicos através da internet e da inclusão digital, como também do pressuposto do papel transformador do uso dessas tecnologias nos processos de interação e participação cidadã com os governos. A tese foi baseada em uma pesquisa bibliográfica cujo levantamento está descrito na fundamentação teórica, complementada por pesquisa de campo do modelo do governo eletrônico da Espanha, que já contempla a inclusão das tecnologias de interatividade presentes na TV Digital e nos dispositivos móveis digitais em seus modelos e aplicações de e-Gov. O framework evolutivo proposto nesta tese, com os seus respectivos artefatos relacionados, busca enfrentar os desafios colocados aos modelos mundiais de e-Gov, notadamente ao caso brasileiro. Entre os principais desafios identificados na tese e considerados no framework proposto estão: o incremento do uso das novas tecnologias, o incentivo ao aumento da demanda do uso do e-Gov por parte dos usuários, a reusabilidade de dados e informações, o incremento do uso do registro único eletrônico e da assinatura digital pelos cidadãos, a ampliação da participação cidadã e democrática pelos cidadãos, a redução dos custos da administração pública, a integração das ações pelos órgãos públicos e a expansão do governo aberto.

Link para Download: Marcus Vinícius A. da Silva Ferreira

CERVELIN, Severino. Design Instrucional à Educação Profissional on-line. Tese, 2013.

Nesta pesquisa, foi desenvolvido um modelo de Design Instrucional à Educação Profissional para cursos on-line que necessitam de experimentação prática presencial, com simulação em Laboratório Móvel Modular (LMM), fundamentado no modelo de Design Instrucional Integrative Learning Design Framework (ILDF) on-line, apoiada pelas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) junto a ferramentas virtuais. Busca-se aumentar a oferta desses cursos visando à formação e qualificação de profissionais especializados, habilitando-os a compreender os processos produtivos e a desenvolver um apurado preparo profissional, frente às mudanças contínuas de mercado exigindo o conhecimento de novas tecnologias. Para o desenvolvimento desta tese, um total de 20 alunos estudantes de um curso de graduação em Engenharia Elétrica, na disciplina de Laboratório de Instalações Elétricas, foi submetido a criteriosas avaliações de aprendizagem, de conceitos tecnológicos e ensaios experimentais, com planejamento, utilização de material impresso e orientações, nos AVA Jornada, adequados. O Design instrucional foi desenvolvido para dar suporte em todos os conteúdos, tanto impressos como on-line, que exijam experimentação prática presencial, onde foram desenvolvidos integralmente, sem a presença do professor, não prejudicando o desenvolvimento e a finalização de suas atividades. Na análise da avaliação final da pesquisa exploratória, comprovou-se que o modelo com o uso adequado de TICs e Design Instrucional para cursos on-line apresenta plenas condições de aplicação em cursos profissionalizantes e tecnológicos que necessitam de laboratórios para experimentação prática presencial, além da expressiva redução da carga horária presencial do professor.

Link para Download: Severino Cervelin

KINCELER, Lucia Morais. Um Framework Baseado em Ontologia de Apoio à Gestão Estratégica da Inovação em Organizações de P&D+i. Tese, 2013.

A inovação amplia a produtividade e a competitividade de organizações, requisitos essenciais para tornar próspera e sustentável a economia de um país. Organizações de P&D+i cumprem um papel fundamental nesse contexto que teve sua complexidade ampliada com a globalização e o surgimento da inovação aberta. Este trabalho propõe um framework de apoio à gestão estratégica com vistas a dar indicativos das condições ambientais em organizações de P&D+i para a inovação. A proposta é sustentada por uma abordagem quali-quantitativa da pesquisa, baseada em múltiplos estágios de coletas de dados. Entrevistas semiestruturadas foram conduzidas em sete organizações de P&D+i da Espanha para complementar os conceitos de inovação levantados a partir das revisões de literatura e de documentos. Com a modelagem dos dados obtidos das fontes de coleta, foi possível identificar os componentes, estruturas ou conceitos para o framework. O framework tem como tripé estrutural um instrumento de coleta de dados e duas ontologias. Uma ontologia de domínio para representar os conceitos de inovação e uma ontologia de questionário, na qual são instanciadas as questões do instrumento de coleta de dados. O framework foi aplicado em cinco organizações de P&D+i, duas organizações da Espanha e três do Brasil, para verificar sua viabilidade. O principal resultado da pesquisa é a integração dos conceitos fundamentais de inovação em um framework com aplicação em organizações de P&D+i. Os resultados obtidos com a aplicação do instrumento de coleta de dados e informações para o framework mostraram a aplicabilidade em distintas organizações de P&D+i, e o potencial para agregar dispersos conceitos de inovação. A ontologia genérica de questionário, com potencial de disponibilização pública para reuso em distintas áreas de conhecimento, é um dos resultados da pesquisa que trará benefícios às comunidades científica e não científica.

Link para Download: Lucia Morais Kinceler

SANTOS, Jane Lúcia Siva. Relações entre capacidade de absorção de conhecimento, sistemas de memória organizacional e desempenho financeiro. Tese,2013.

Este estudo enfoca nos hiatos e lacunas de pesquisa sobre mensuração da capacidade de absorver conhecimentos externos e suas relações com outros construtos, no contexto organizacional. O principal objetivo deste trabalho é examinar as relações entre capacidade de absorção (CA), sistemas de memória organizacional (SMO) e desempenho financeiro das organizações (DF). A perspectiva teórica adotada define e operacionaliza a CA como um construto multidimensional, formado por duas principais dimensões, uma “potencial” e outra “realizada”. Com base em argumentos fundamentados em estudos anteriores foram desenvolvidas as quatro hipóteses deste estudo, as quais associam cada uma dessas dimensões com a utilização de SMO baseados em tecnologia da informação (TI) e com o DF. O estudo empírico foi realizado a partir de um levantamento (survey) conduzido em 101 empresas do setor de software e serviços de TI em Florianópolis, Brasil. Por meio da análise fatorial confirmatória (AFC) verificou-se a confiabilidade e a validade da mensuração dos construtos deste trabalho. As hipóteses foram testadas por meio da modelagem de equações estruturais (MEE) e os resultados indicam que (i) a utilização de SMO baseados em TI pelas empresas afeta positivamente à sua CA potencial; entretanto, (ii) não foi encontrada relação positiva entre o uso desses sistemas de memória e a CA realizada; por outro lado, (iii) a CA potencial está positiva e significativamente associada à CA realizada; e, (iv) essa CA realizada está significativamente associada ao desempenho financeiro organizacional, sugerindo que uma alta CA realizada tem impacto positivo nos resultados financeiros das empresas estudadas. Este trabalho contribui para aproximar os dois campos interdisciplinares de pesquisas sobre memória organizacional e capacidade de absorção, ao propor e examinar empiricamente relações conceituais oriundas da literatura científica dessas áreas. Nas conclusões, implicações teóricas e práticas dos resultados deste estudo são discutidas e trajetórias para futuras pesquisas são apontadas.

Link para Download: Jane Lucia Silva Santos

PAULA, Giovani de. Atividade de Inteligência de Segurança Pública: Um Modelo de Conhecimento Aplicável aos Processos Decisórios para a Prevenção e Segurança no Trânsito. Tese, 2013.

Este trabalho teve por objetivo verificar a possibilidade de aplicação da metodologia Commonkads da Engenharia do Conhecimento na Atividade de Inteligência de Segurança Pública, destacando os princípios e diretrizes decisórias aplicáveis à prevenção e segurança no trânsito. A Atividade de Inteligência tem por objetivo a obtenção, análise e disseminação de conhecimentos sobre fatos e situações de imediata ou potencial influência sobre o processo decisório, a ação governamental e sobre a salvaguarda e a segurança da sociedade e do Estado. O Brasil possui um Sistema de Inteligência que tem como fundamentos a preservação da soberania nacional, a defesa do Estado Democrático de Direito e a promoção da dignidade da pessoa humana, em cujas ações deve preservar os direitos e garantias individuais e demais dispositivos da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, bem como os tratados, convenções, acordos e ajustes internacionais. A Atividade de Inteligência contribui na produção de conhecimento voltado para a prevenção e segurança no trânsito. O sistema de inteligência da Espanha voltado para a atividade de trânsito em comparação com o modelo brasileiro apresenta algumas características que permitem um fluxo informacional mais amplo e consistente, em que se destaca a política de coleta, análise e difusão do conhecimento. Os novos modelos e ferramentas e as novas tecnologias da informação e da comunicação impõem, no âmbito da atividade de inteligência, a necessidade de constante atualização, e as perspectivas da inovação e do empreendedorismo são fundamentais para que haja mudanças que permitam a evolução dos processos de construção, produção e gestão da informação e do conhecimento. A Engenharia do Conhecimento permite a construção de variados sistemas de apoio à tomada de decisão com base no desenvolvimento de modelos, utilizando sistemicamente métodos, técnicas e ferramentas que apoiam a gestão do conhecimento e que podem facilitar a atuação profissional e os processos da organização, possibilitando a interatividade entre as organizações, seus colaboradores e a sociedade, aumentando o potencial de prevenção e resolutividade dos problemas voltados à segurança no trânsito. Destaca-se nesta pesquisa o emprego da metodologia Commonkads, que é desenhada para a análise e construção de sistemas baseados em conhecimento (SBC) de forma análoga aos métodos empregados na engenharia de software. O estudo tem um caráter exploratório mediante pesquisa bibliográfica e análise da estrutura da
inteligência de segurança pública no país, dos principais sistemas de informação e de gestão do conhecimento existentes nesse âmbito e das respectivas competências institucionais no que tange à metodologia da produção do conhecimento voltada para a prevenção e segurança no trânsito. Pretende-se apresentar como resultado principal da pesquisa um modelo de conhecimento para os órgãos de inteligência de segurança pública que atuam nas atividades de prevenção e segurança no trânsito com o emprego de técnicas inovadoras de Engenharia do Conhecimento, especificamente da metodologia Commonkads, voltadas para os processos decisórios.

Link para Download: Giovani de Paula

CONCEIÇÃO, Zely. Um Framework para a Transferência de Tecnologia na Interação Universidade-Empresa Considerando os Aspectos da Gestão do Conhecimento. Tese, 2013.

A capacidade de criação de novos conhecimentos das universidades precisa ser explorada a favor do crescimento tecnológico e social da comunidade. As teorias da criação do conhecimento apontam caminhos para melhorar a eficiência do processo da criação do conhecimento que podem ser aplicadas as atividades de pesquisa e desenvolvimento. As experiências com gestão da interação entre a universidade e empresa mostram muitas dificuldades para realizar projetos de transferência de tecnologia de forma cooperativa. Fatores de influência da gestão da interação universidade-empresa foram pesquisados a partir de teorias, modelos e boas práticas sobre o tema. Um framework foi proposto para apoiar a gestão da interação universidade-empresa nos processos de prospecção, formalização e execução de projetos de transferência de tecnologia. Métodos e ferramentas da engenharia e gestão do conhecimento são indicados para estruturar ativos do conhecimento da interação U-E e utilizar as experiências vivenciadas para melhorar os processos de gestão e da criação de conhecimentos. Para a validação do framework foram empregadas entrevistas semi-estruturadas com especialistas em gestão do conhecimento e gestores com experiência em gestão da interação universidade-empresa. O framework cumpre o objetivo de utilizar as ferramentas da engenharia e da gestão do conhecimento para apoiar o processo de interação U-E.

Link para Download: Zely da Conceição

BRIGNOLI, Juliano Tonizetti. Um Modelo para Suporte ao Raciocínio Diagnóstico diante da Dinâmica do Conhecimento sobre Incertezas. Tese, 2013.

A Engenharia do Conhecimento recorre a abordagens transdisciplinares objetivando oferecer soluções às demandas sociais, destacando-se, artefatos para suporte à decisão. A tomada de decisão humana pode ser de magnitude tão complexa que a atividade intensiva em conhecimento realizada pelo especialista demande assistência proveniente de modelos elaborados por uma visão sistêmica do engenheiro do conhecimento no espaço da solução. O problema desta pesquisa emerge da atividade do especialista médico em Classificação de Risco Metabólico em crianças e adolescentes. As variáveis deste cenário e o processo de classificação apresentam incertezas, manifestadas por causalidade e imprecisão. Redes Bayesianas são empregadas no suporte a classificação cujas variáveis que representam o conhecimento são de natureza probabilística. Contudo, o método bayesiano clássico, diante do fator imprecisão, pode convergir para resultados não qualificados em conformidade àqueles obtidos pelo raciocínio clínico. Por outro lado, Redes Fuzzy-Bayesianas aprimoraram o modelo clássico para suportar inferência sobre conceitos ambíguos. Esta pesquisa contribuiu com o desenvolvimento de um modelo de inferência fuzzy-bayesiano para variáveis não-dicotômicas oferecendo suporte ao raciocínio médico num cenário complexo cuja dinâmica da imprecisão é caracterizada por um tipo de superposição conceitual. Essencialmente dispõe de formalismo matemático modificando a equação do Teorema de Bayes, introduzindo qualificadores difusos para lidar com a imprecisão. Para verificar o modelo utilizou-se de simulações aplicadas sobre dados reais de prontuários. Os resultados obtidos mostraram-se convergentes com a interpretação do especialista e a característica notável foi à qualidade destes resultados nos intervalos próximos aos pontos de corte utilizados pelos especialistas e reproduzidos pelo método bayesiano clássico, problema este que não releva a imprecisão. O modelo distribuiu as probabilidades das hipóteses diagnósticas acompanhando a dinâmica inerente a imprecisão das evidências. Este efeito mostra que um paciente, mesmo que de modo gradual, pode estar evoluindo para um cenário de risco metabólico. O modelo é propenso de ser acoplado a metodologias da Engenharia do Conhecimento e sua implementação pode gerar uma ferramenta aliada à prática do diagnóstico clínico.

Link para Download: Juliano Tonizetti Brignoli