Home » Archive by category "Tese" (Page 23)

SANTOS, Leomar. Modelo de Avaliação de Capital Intangível – Baseado em Medidas Não Financeiras de Mensuração. Tese, 2008.

Com as mudanças ocorridas no cenário organizacional nas últimas décadas, de ordem geográfica, demográfica e de capital, as organizações passaram a defrontar-se com um novo modelo de gestão de seus recursos. A economia baseada no conhecimento e as implicações do uso deste têm forçado alterações significativas nas organizações em seus meios de produção, sua lógica de inovação de produtos e serviços e acima de tudo, na valorização dos indivíduos detentores do conhecimento. Entende-se que o grande desafio para as organizações atuantes na economia baseada no conhecimento é gerenciar o capital intelectual – encontrar e estimular, armazenar e compartilhar – tornou-se a tarefa econômica mais importante dos indivíduos, das empresas e dos países. Com evidência na necessidade de se desenvolver modelos que auxiliem as organizações a melhor identificar e gerenciar seu capital intelectual, o objetivo geral deste trabalho foi de elaborar um modelo de avaliação do capital intangível, baseado em medidas não financeiras, e os objetivos específicos: analisar alguns dos modelos existentes para avaliar ativos intangíveis nas organizações; definir os critérios para avaliar o capital intangível, que serviram de base para a construção do modelo, nos níveis estratégico, tático e operacional; efetuar uma aplicação do modelo, com vistas a avaliar sua efetividade e aplicabilidade; avaliar os elementos do modelo proposto com a prática organizacional. A metodologia constitui-se de um estudo descritivo de natureza qualitativa e a parte prática da pesquisa utilizou o método de estudo de caso que tem por premissa, que um caso estudado com profundidade, pode ser considerado representativo de muitos outros, sendo utilizados como instrumentos de coleta de dados questionários e entrevistas. Conclui-se que o objetivo principal do estudo, elaborar um modelo de avaliação do capital intangível baseado em medidas não financeiras foi atingido, e que a maioria dos modelos de avaliação visam essencialmente definir um padrão ou um valor ecônomico ao capital intangível, sem preocupar-se efetivamente com sua validade e aplicabilidade para o negócios, e em muitos casos não permitindo que a organização defina ações e políticas de obtenção, desenvolvimento e retenção do conhecimento, com vistas a sua adequação aos desafio organizacionais. O aprofundamento dos estudos voltados às teorias de construção do conhecimento organizacional permitiu a identificação das tipologias de conhecimento demandadas em cada nível organizacional, elementos fundamentais na concepção do modelo. Verificou-se na aplicação do modelo como estudo de caso da empresa Gestão Consultoria em Processos Administrativos, que o mesmo serviu ao que se propôs, ou seja, permitiu mensurar e avaliar os ativos intangíveis da organização, sem
tomar como base a valoração financeira.

Link para download: Leomar dos Santos

CISLAGHI, Renato. Um Modelo de Sistemas de Gestão do Conhecimento em um Framework para a Promoção da Permanência Discente no Ensino de Graduação. Tese, 2008.

A chamada era do conhecimento tem provocado mudanças nas organizações e  na sociedade como um todo. Quase que simultaneamente, gestores de  Instituições do Ensino Superior (IES) e governos de todas as  nacionalidades e esferas têm dedicado crescentes esforços na busca do  chamado sucesso acadêmico, sintetizado por uma trajetória na qual o  discente ingressa num determinado curso, recebe uma formação de  qualidade e é diplomado. O desafio tem sido, para as IES públicas,  aplicar bem os recursos públicos assegurando o esperado retorno social  e, para as privadas, manter sua clientela formada por estudantes. Em  ambos os casos buscam-se a redução da evasão discente e a promoção da  permanência. Esta tese tem como objetivo a construção de um modelo de  sistema de gestão do conhecimento baseado num /framework/ desenvolvido  para a promoção da permanência de estudantes no ensino de graduação em  IES brasileiras. Foram levantadas as causas para a evasão discente no  contexto nacional e, com base num abrangente levantamento de teorias e  modelos de desgaste, abandono e permanência discente, foi construído um  modelo de permanência discente compatível com o alcance das intervenções  das IES. Com base nas variáveis deste modelo foram estabelecidos  indicadores, sensores e procedimentos, constituindo um /framework/ para  apoiar a gestão institucional pró-ativa visando à permanência discente.  Complementarmente foi construído um modelo de gestão do conhecimento  para potencializar os resultados do uso deste /framework/, cuja  aplicabilidade foi analisada por meio de um estudo de caso realizado na  Universidade Federal de Santa Catarina. Entre as conclusões a que se  chegou merece destaque a de que o suporte político e as lideranças  institucionais são o elemento-chave mais relevante entre todos e, ao  mesmo tempo, ainda são o maior obstáculo a ser vencido para o sucesso da  GC em IES brasileiras. Também constatou-se que, apesar de freqüentemente  desenvolverem pesquisas e serem geradoras de conhecimento, as IES não  têm o mesmo empenho nem agilidade em fazer com que o conhecimento por  elas gerado seja utilizado em suas atividades meio ou fim.

Link para download: Renato Cislaghi

SALES, Márcia Barros. Modelo multiplicador utilizando a aprendizagem por pares focado no idoso. Tese, 2007.

Este trabalho apresenta um modelo multiplicador utilizando a aprendizagem por pares. O objetivo principal da tese foi desenvolver um modelo multiplicador utilizando a aprendizagem por pares focado no idoso, para valorizá-lo e promover seu potencial como agente facilitador da aprendizagem de outros idosos. Trabalhou-se com a aprendizagem por pares para facilitar a comunicação entre idosos, devido à semelhança de linguagem, ritmo e história de vida e segurança no desenvolvimento de atividades com pessoas de mesma faixa etária. O modelo proposto se apóia em quatro processos seqüenciais: abordagem educacional, metodologia de ensino, objetivos e conteúdo. A abordagem educacional do modelo proposto é influenciada pela teoria de Paulo Freire e pelos pressupostos da andragogia alicerçados na interação, afetividade, necessidades e interesses e experiência. A metodologia de pesquisa segue a da pesquisa-ação. O modelo foi aplicado e avaliado com a participação de 66 idosos (nove homens e 57 mulheres) com idade média de 64 anos, todos alfabetizados, 18 deles atuando efetivamente como multiplicadores. Observou-se o processo usando a técnica empírica de oficinas de interação, escolhida por exigir a participação direta dos envolvidos em interação real. O modelo multiplicador aqui desenvolvido com foco na informática é aplicável para aprendizagem por pares que envolvam idosos em outras áreas do conhecimento e em qualquer contexto, como comprovam os resultados, ratificados pelos participantes por meio de entrevistas, questionários e observações durante a execução do projeto.

Link para download: Marcia Barros de Sales

BETTIO, Raphael Winckler de. Interrelação das Técnicas Term Extraction e Query Expansion Aplicadas na Recuperação de Documentos Textuais. Tese, 2007.

Conforme Sighal (2006) as pessoas reconhecem a importância do armazenamento e busca da informação e, com o advento dos computadores, tornou-se possível o armazenamento de grandes quantidades dela em bases de dados. Em conseqüência, catalogar a informação destas bases tornou-se imprescindível. Nesse contexto, o campo da Recuperação da Informação, surgiu na década de 50, com a finalidade de promover a construção de ferramentas computacionais que permitissem aos usuários utilizar de maneira mais eficiente essas bases de dados. O principal objetivo da presente pesquisa é desenvolver um Modelo Computacional que possibilite a recuperação de documentos textuais ordenados pela similaridade semântica, baseado na intersecção das técnicas de Term Extration e Query Expansion.

Link para download: Raphael Winckler de Bettio

BEBER, Bernadétte. Reeducar, reinserir e ressocializar por meio da Educação a Distância. Tese, 2007.

Esta tese tem como objetivo construir uma Estratégia Didático-Pedagógica para a Educação Básica e profissionalização de jovens e adultos em Espaços Prisionais, na modalidade da Educação a Distância, visando reeducação, reinserção e ressocialização. Os estudos foram realizados pela pesquisa bibliográfica e documental. Bibliográfica para estudar o currículo na Educação Básica e profissionalização, as legislações penal e educacional, a modalidade de Educação a Distância, a Visão Sistêmica e a criação da Estratégia Didático- Pedagógica; a pesquisa documental realizada nos trinta e quatro Espaços Prisionais do Estado de Santa Catarina para se obter dados sobre a população carcerária quanto à formação educacional e os aspectos de profissionalização. Efetivamente a Estratégia Didático-Pedagógica proposta nesta tese visa promover a inclusão e valorização do apenado como ser humano, promovendo acesso ao conhecimento sistematizado, ao profissionalismo pelas tecnologias de informação e comunicação para que, ao retornarem à sociedade, não reincidam ao mundo do crime pela falta de Educação Básica, requisito mínimo para o exercício da cidadania no convívio social.

Link para Download: Bernadette Beber

DALFOVO, Oscar. Modelo de Integração de um Sistema de Inteligência Competitiva com um Sistema de Gestão da Informação e de Conhecimento. Tese, 2007.

A Inteligência Competitiva e os Sistemas de Informação isoladamente tornaram-se uma atividade fundamental para a sobrevivência das organizações neste mercado competitivo. A integração destas atividades possibilita uma mudança de mentalidade nas organizações que passam tratar como fator de vantagem competitiva, tanto as informações estruturadas quanto as não estruturadas. O presente trabalho apresenta a concepção de um modelo em Gestão da Inteligência Competitiva integrada com Sistemas de Informação (GICSI). A concepção do modelo GICSI fundamentou-se em revisão bibliográfica, como estado-da-arte, acrescido de um estudo de campo estatístico descritivo e dedutivo, que apontou os requisitos básicos do modelo. O modelo proposto apresenta as fases e etapas que deve ser seguido, apresentando os resultados na integração entre inteligência competitiva com sistemas de informação, com isso, visando auxiliar a organização na tomada de decisão. A importância de um planejamento que incluam todos os componentes dos Sistemas de Informação integrando-se com Inteligência Competitiva é fundamental neste enfoque, pois trata de uma visão sistêmica desde as bases mais operacionais até chegar a um ambiente mais estratégico, o que possibilita uma estrutura suficiente para assumir o desafio de realizar a gestão do conhecimento dentro de uma organização. Adicionalmente, para validação e viabilização deste modelo, se fez necessário, especificar, implementar e aplicá-lo em uma área experimental, para isso escolheram-se algumas áreas e empresas na Regional do Vale do Itajaí-SC. A escolha destas áreas foi por serem conceituadas nesta região e estarem dentro do Arranjo Produtivo Local (APL). Como resultado, na concepção deste modelo, demonstrou-se a viabilidade na integração entre inteligência competitiva e sistemas de informação, com o objetivo de auxiliar as organizações na tomada de decisão. Através da aplicação deste modelo, conseguiu-se também alcançar outros resultados, mais voltados na integração dos sistemas de informação utilizando-se de Tecnologia da Informação e Comunicação, Business Intelligence, Raciocínio Baseado em Casos, Data Warehouse, Enterprise Resource Planning e outros, como inteligência competitiva nas organizações.

Link para download: Oscar Dalfovo

SILVA, Juarez Bento. A utilização da experimentação remota como suporte para ambientes colaborativos de aprendizagem. Tese, 2007.

As novas tecnologias da informação e comunicação têm assumido nas últimas décadas um papel fundamental na representação social da realidade universitária as mudanças por elas proporcionadas ocorrem a uma velocidade vertiginosa derivando disso uma nova cultura. Neste contexto o ensino e a aprendizagem não são atividades solitárias e são tratados como um esforço cooperativo entre os atores envolvidos neste processo, onde a participação ativa e a interação permitem que o conhecimento possa emergir desde um diálogo ativo entre os participantes compartilhando suas idéias e informação. O ensino e aprendizagem já não estão limitados aos trabalhos dentro das salas de aulas e as modalidades de ensino presencial e à distância começam a serem fortemente modificadas desafiando as instituições de ensino superior – IES a encontrar novos modelos para novas situações. Uma das tarefas mais importantes das IES é tornar os currículos dos cursos mais flexíveis, onde se apresenta como possibilidades promissoras é a integração das atividades presenciais e a distância em modelo denominado “blended learning”. Na prática já vivemos em nosso país um modelo de flexibilização curricular, pois, segundo a portaria 2253 do MEC, de 18 de outubro de 2001, as IES podem ministrar 20% da carga total dos cursos na modalidade presencial com disciplinas no formato EAD. Esta tese apresenta a utilização da experimentação remota como suporte para ambientes de ensino/aprendizagem acreditando que esta proposição possa representar aportes aos atuais modelos educacionais. Os laboratórios de experimentação remota são caracterizados pela realidade mediada pela distância, similares aos laboratórios “hands-on” requerem espaço e dispositivos, porém, são diferenciados destes uma vez que experimentos e usuários estão geograficamente separados. Um laboratório de experimentação remota pode proporcionar aos estudantes uma aproximação deste com o mundo real, uma vez que, as atividades de laboratório desempenham um papel crítico na formação, principalmente em cursos nas áreas das ciências naturais e tecnológicas e também representam uma maneira de compartilhamento de recursos, de tal forma a reduzir os custos para utilização destes recursos, por parte das IES além de constituir em um fator de enriquecimento da experiência educacional.

Link para download: Juarez Bento da Silva

VIEIRA, Eleonora M. F. Fluxo informacional como processo à construção de modelo de avaliação para implantação de cursos em educação a distância. Tese, 2006.

Esta tese de doutorado tem por objetivo a construção de um modelo de avaliação para implantação e acompanhamento de cursos na modalidade a distância como suporte a gestão do ensino superior. O trabalho está focado na necessidade de construir um modelo capaz de assegurar a qualidade na implantação e no desenvolvimento dos cursos a distância. Como base teórica de sustentação do trabalho se utiliza análises de procedimentos avaliadores nacionais e internacionais. Estabelece-se uma razão analítica do fluxo informacional como instrumento para atingir o objetivo principal. Para cumprir tal objetivo segue-se uma abordagem metodológica normativa/descritiva/aplicada, com predominância qualitativa. Como resultado deste trabalho apresenta-se um modelo de avaliação submetido a uma verificação de sua aplicabilidade por especialistas do Ministério da Educação.

Link para Download: Eleonora Falcao